Alexis Tam reúne com o representante do Ministro da Saúde de Cabo Verde

Encontro de Alexis Tam com Eurico Correia Monteiro, representante do Ministro da Saúde e da Segurança Social da República de Cabo Verde e Embaixador de Cabo Verde em Portugal.

O Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura reuniu com o representante do Ministro da Saúde de Cabo Verde, à margem do Fórum de Medicina Tradicional Chinesa que decorreu em Lisboa no dia 15 de Maio de 2019.

Alexis Tam sublinhou a importância da realização do Fórum em Portugal que coincide com a visita oficial do Chefe do Executivo e que permite divulgar a importância do Parque de Medicina Tradicional Chinesa, projecto que surge de uma joint venture, em 2011, entre o Governo de Macau e de Guangdong e que constitui um instrumento privilegiado para diversificar a economia. Os resultados alcançados pelo Parque nomeadamente ao nível da formação técnica conta com a participação de formandos de vários países o que enfatiza o papel de Macau como plataforma.

O mesmo responsável apresentou o projecto da Grande Baía, iniciativa a que o Presidente Xi Jinping atribuiu grande importância.

O representante do Ministro da Saúde de Cabo Verde, Embaixador de Cabo Verde em Portugal, Eurico Correia Monteiro sublinhou a importância da realização do Fórum e recordou a relação antiga com República Popular da China visível diariamente pelos muitos projectos que contam com a ajuda da China e que têm grande impacto em Cabo Verde.

Relativamente ao relacionamento com Macau, Eurico Correia Monteiro, referiu que há médicos e alunos de Cabo Verde em Macau que gostam bastante de viver em Macau. Relativamente à Medicina Tradicional Chinesa referiu que Cabo Verde tem muito a aprender e que existe todo o interesse em acelerar a relação de cooperação.

O Secretário concordou que a relação com Cabo Verde é especial e visível não apenas ao nível da Saúde e da educação mas também pelo investimento em Infraestruturas turísticas feitas pelo empresário David Chow.

Alexis Tam relembrou a importância da criação em 2014 do Centro de Formação em Medicina Tradicional Chinesa em parceria com a Organização Mundial de Saúde e que existe a possibilidade de mais jovens de Cabo Verde participarem em projectos de formação.

O Embaixador referiu que assinatura de um protocolo de cooperação com o Parque de Medicina Tradicional Chinesa é muito importante porque permite que sejam realizadas acções de formação em Cabo Verde.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar