Saltar da navegação

Assuntos administrativos

Conta única de acesso comum aos serviços públicos da RAEM (Pessoas singulares)

Perguntas frequentes

  1. Posso requerer a abertura de uma “Conta única de acesso comum” (pessoas singulares) na internet?
  2. É necessário pagar para requerer a “Conta única de acesso comum”?
  3. É necessário proceder regularmente à renovação da minha “Conta única de acesso comum” após a sua abertura?
  4. Criei com sucesso uma “Conta única de acesso comum” antes do dia 27 de Setembro de 2020, tem alguma diferença com a “Conta única de acesso comum” criada depois da referida data? Será que tenho que voltar a requerer uma nova conta?
  5. Porque é necessário proceder ao reconhecimento facial no momento do requerimento da “Conta única de acesso comum” na internet?
  6. Durante o processo de abertura de conta na internet, o que devo ter em atenção ao utilizar o reconhecimento facial para verificar a minha identidade?
  7. Quando posso utilizar a minha conta depois de abrir a conta na internet?
  8. Onde estão armazenadas as informações pessoais recolhidas durante o processo de abertura de conta na internet?
  9. Sou residente de Macau e resido habitualmente no exterior, pelo que não possuo o número de telemóvel de Macau, será que posso abrir uma “Conta única de acesso comum” na internet com o meu próprio número de telemóvel estrangeiro?
  10. Em que tipo de telemóvel poderá ser instalada a aplicação para telemóvel “Acesso comum aos serviços públicos da RAEM”?
  11. Como posso descarregar a aplicação para telemóvel “Acesso comum aos serviços públicos da RAEM” sem ter o Google Play Store no meu telemóvel Android?
  12. Caso me encontre actualmente no Interior da China/noutras regiões e possua um número de telemóvel de Macau com serviço roaming, posso receber o código de verificação através da mensagem aquando da abertura da conta?
  13. Caso solicite a abertura de uma conta única de acesso comum para indivíduos (pessoas singulares) com o meu bilhete de identidade de residente de Macau, como se pode activar o meio de identificação electrónica de nível elevado?
  14. Caso solicite a abertura de uma conta única de acesso comum para indivíduos (pessoas singulares) com o meu documento de identidade de não residente de Macau, como se pode activar o meio de identificação electrónica de nível elevado?

1. Posso requerer a abertura de uma “Conta única de acesso comum” (pessoas singulares) na internet?

Sim, pode. Se é residente de Macau e nunca abriu a “Conta única de acesso comum” (pessoas singulares) então pode descarregar e utilizar a aplicação para telemóvel “Acesso comum aos serviços públicos”. De seguida, clique no “Pedido online” ou na opção “Criar a conta” para tratar da abertura da conta.


2. É necessário pagar para requerer a “Conta única de acesso comum”?

O requerimento da “Conta única de acesso comum” é gratuito.


3. É necessário proceder regularmente à renovação da minha “Conta única de acesso comum” após a sua abertura?

A “Conta única de acesso comum” não tem prazo de validade, pelo que o utilizador não necessita de renovar a sua conta.


4. Criei com sucesso uma “Conta única de acesso comum” antes do dia 27 de Setembro de 2020, tem alguma diferença com a “Conta única de acesso comum” criada depois da referida data? Será que tenho que voltar a requerer uma nova conta?

Não é necessário fazer um novo requerimento, mas ser-lhe-á pedido que assine uma nova versão sobre o acordo de utilizador quando voltar a fazer o login da sua conta no sistema a partir do dia 27 de Setembro de 2020.


5. Porque é necessário proceder ao reconhecimento facial no momento do requerimento da “Conta única de acesso comum” na internet?

No processo de abertura da “Conta única de acesso comum” requer-se uma verificação precisa da identidade do requerente, por isso, actualmente, utiliza-se a técnica de reconhecimento facial mais confiável para obter o reconhecimento do rosto capturado pela câmara e, em seguida, é feita uma comparação com as informações sobre a sua identidade e rosto arquivados na Direcção dos Serviços de Identificação do Governo da RAEM, visando confirmar a credibilidade da sua identidade. O processo é absolutamente seguro, nomeadamente o processo de transferência de informações pessoais e faciais é criptografado, e a sua informação facial não será armazenada no sistema.


6. Durante o processo de abertura de conta na internet, o que devo ter em atenção ao utilizar o reconhecimento facial para verificar a minha identidade?

– O telemóvel deve ter uma câmara que funcione bem

– Ter luz suficiente e evitar retroiluminação

– Garantir que seja efectuado com um fundo neutro

– Evitar o uso de óculos de sol, chapéu e máscara

– Apenas focar o seu rosto na câmara


7. Quando posso utilizar a minha conta depois de abrir a conta na internet?

Pode ser utilizada de imediato após a sua abertura, sem necessidade de fazer o processo de activação da conta.


8. Onde estão armazenadas as informações pessoais recolhidas durante o processo de abertura de conta na internet?

Durante o processo de abertura de conta na internet, as informações pessoais apresentadas pelo requerente (não incluindo a informação facial) serão armazenadas apenas no sistema de contas de utilizadores gerido pela Direcção dos Serviços de Administração e Função Pública do Governo da RAEM, e a sua informação facial não será armazenada em lugar algum.


9. Sou residente de Macau e resido habitualmente no exterior, pelo que não possuo o número de telemóvel de Macau, será que posso abrir uma “Conta única de acesso comum” na internet com o meu próprio número de telemóvel estrangeiro?

Pode. Actualmente, já há assistência para os telemóveis do Interior da China e de outras regiões, ou seja, o indicativo +86 (Interior da China) ou +852 (Hong Kong), entre outros, que não sejam telemóveis de Macau podem ser utilizados aquando da abertura da conta, facilitando assim a população.


10. Em que tipo de telemóvel poderá ser instalada a aplicação para telemóvel “Acesso comum aos serviços públicos da RAEM”?

Esta aplicação para telemóvel está disponível para ser instalada em telemóveis com sistemas operacionais IOS e Android, no entanto, é de notar que pode não ser possível instalar a aplicação em alguns modelos de telemóveis por causa das restrições regionais ou outras restrições técnicas. Se for o caso, recomendamos que entre em contato com o fabricante para a resolução do problema.


11. Como posso descarregar a aplicação para telemóvel “Acesso comum aos serviços públicos da RAEM” sem ter o Google Play Store no meu telemóvel Android?

Para instalar a aplicação para telemóvel “Acesso comum aos serviços públicos da RAEM”, pode ser descarregado o arquivo APK no seu telemóvel, através da seguinte página electrónica: https://www.gov.mo/zh-hant/app/download/.


12. Caso me encontre actualmente no Interior da China/noutras regiões e possua um número de telemóvel de Macau com serviço roaming, posso receber o código de verificação através da mensagem aquando da abertura da conta?

Geralmente é possível nos países ou regiões onde o roaming do fornecedor do serviço de telecomunicações abrange, no entanto, é preciso ter em atenção que diferentes fornecedores abrangem diferentes regiões. Sugerimos que se informe junto do fornecedor.


13. Caso solicite a abertura de uma conta única de acesso comum para indivíduos (pessoas singulares) com o meu bilhete de identidade de residente de Macau, como se pode activar o meio de identificação electrónica de nível elevado?

Em circunstâncias gerais, os indivíduos, inscritos na conta única de acesso comum com o bilhete de identidade de residente permanente e não permanente de Macau, podem recorrer ao “reconhecimento facial” como o meio de identificação electrónica de nível elevado, o qual está predefinido como “meio activado” sem necessidade de qualquer formalidade.


14. Caso solicite a abertura de uma conta única de acesso comum para indivíduos (pessoas singulares) com o meu documento de identidade de não residente de Macau, como se pode activar o meio de identificação electrónica de nível elevado?

Os indivíduos, inscritos na conta única de acesso comum com o documento de identidade de não residente de Macau, devem recorrer ao “Soft token” como o meio de identificação electrónica de nível elevado, devendo os mesmos apresentar o pedido de activação presencialmente junto do local de serviços. Aquando de apresentação presencial do pedido, é necessário exibir o documento de identidade conforme consta do registo da conta, e proceder à verificação na aplicação para telemóvel “Acesso comum aos serviços públicos da RAEM” (descarregar). Após a conclusão, o “Soft token” será adicionado ao seu telemóvel.


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar