Encontro entre o Chefe do Executivo e a vice-ministra das Finanças (Tradução do GCS)

Chefe do Executivo, Chui Sai On, num encontro com a vice-ministra das Finanças, Zhou Jiayi, na Sede do Governo da RAEM.

O Chefe do Executivo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), Chui Sai On, teve, esta manhã (5 de Julho), na Sede do Governo, um encontro com a vice-ministra das Finanças, Zhou Jiayi, no qual trocaram opiniões sobre o incentivo à diversificação adequada da economia local e ao desenvolvimento do sistema financeiro com características próprias.

Chui Sai On começou por dar as boas-vindas à delegação liderada pela vice-ministra, que veio participar na série de actividades no âmbito da emissão dos títulos de dívida do Estado, em Macau, pelo Governo Central. Sublinhou que a primeira emissão de títulos de dívida do Estado é uma manifestação do apoio do Governo Central ao impulso da diversificação adequada económica local, à criação da «Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa» e ao desenvolvimento do sistema financeiro com características próprias.

Por sua vez, Zhou Jiayi referiu ser a primeira vez que visita Macau, mas mostrou-se confiante no futuro de Macau perante o ritmo acelerado de desenvolvimento após o retorno à Pátria e da aceitação, por parte da população, da emissão de títulos de dívida do Estado em Macau. A vice-ministra referiu que a presente emissão de títulos pelo Governo Central é uma forma de apoiar o Governo da RAEM no desenvolvimento do sistema financeiro com características próprias, na construção da Plataforma entre a China e os Países da Língua Portuguesa e no impulso da diversificação adequada da economia do território, bem como nas estratégias do desenvolvimento sustentável de Macau.

A mesma responsável espera que a emissão de títulos torne o mercado financeiro mais activo, promovendo, deste modo o desenvolvimento das instituições financeiras locais. Sublinhou ainda que a maior vantagem na exploração do sistema financeiro com características próprias será “com o suporte da Pátria de frente para o mundo”, e através dos Países da Língua Portuguesa para chegar à Europa, América Latina ou até África. Acreditando que com esta potencialidade de abertura ao exterior, se poderá impulsionar fortemente e servir de apoio às referidas políticas.

Entretanto, o Chefe do Executivo salientou a importância da emissão dos títulos de dívida para o desenvolvimento sustentável de Macau, e que o Governo da RAEM teve sempre a intenção de potenciar o desempenho de Macau como Plataforma. Com o apoio do Governo Central e do Ministério de Finança, o Governo da RAEM empenhou-se em construir essa plataforma, através da qual os altos funcionários têm visitado várias vezes os Países de Língua Portuguesa para abordar a colaboração financeira, criando laços de cooperação com entidades financeiras locais, bem como aperfeiçoar os diplomas legais para articular com as necessidades de desenvolvimento, no futuro. O governo empenhar-se-á em efectuar da melhor forma o trabalho inerente à construção de «um Centro e uma Plataforma», medida definida pelo Governo Central, concretizando as metas de diversificação sustentável e adequada da economia local.

O encontro contou ainda com a presença do subdirector do Gabinete de Ligação do Governo Central na RAEM, Xue Xiaofeng, da vice-comissária do Ministério dos Negócios Estrangeiros da RPC na RAEM, Wang Dong, do secretário para a Economia e Finanças, Lionel Leong, da chefe do Gabinete do Chefe do Executivo, O Lam, da chefe do Gabinete do Secretário para a Economia e Finanças, Teng Nga Kan, do director dos Serviços de Estudo de Políticas e Desenvolvimento Regional, Mi Jian, do director do Gabinete de Comunicação Social, Victor Chan, da coordenadora do Gabinete de Protocolo, Relações Públicas e Assuntos Externos, Lei Ut Mui, do presidente do Bank of Communications, Ren Deqi, e do director dos serviços de finanças e de crédito da Comissão Nacional para o Desenvolvimento e Reforma, Chen Hongwan.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar