Delegação Empresarial de Macau visita a Embaixada da República Popular da China na República Democrática de São Tomé e Príncipe

Embaixador da República Popular da China na República Democrática de São Tomé e Príncipe, Dr. Wang Wei, recebe a Delegação Empresarial de Macau

No dia 11 de Julho, hora local, a Delegação Empresarial de Macau, com mais de de 30 membros, liderada pela Presidente do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), Dra. Irene Va Kuan Lau, visitou a Embaixada da República Popular da China na República Democrática de São Tomé e Príncipe e foi recebida pelo Embaixador, Dr. Wang Wei, e pelo Conselheiro Económico e Comercial, Dr. Gao Jinbao.

No início, o Dr. Wang Wei deu as boas-vindas à Delegação, afirmando que a realização do “Encontro de Empresários para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa - São Tomé – 2019” pela primeira vez em São Tomé e Príncipe, por um lado, é uma inspiração para a China e para os Países de Língua Portuguesa e favorece a elevação da visibilidade de São Tomé e Príncipe entre os Países Lusófonos e em todo o panorama internacional, e ao mesmo tempo, aumenta a capacidade e nível profissional dos respectivos profissionais através da realização do evento em colaboração. Por esta razão, o Dr. Wang Wei agradece a participação de todos no Encontro e todos os esforços envidados. Com a partilha de experiências da participação da Delegação no Encontro, o Dr. Wang Wei sentiu a vitalidade e inovação de Macau, a sua sinceridade em querer cooperar com São Tomé e Príncipe e a sua boa vontade em ajudar o país anfitrião a sair da pobreza. Por esta razão, o Dr. Wang Wei espera que as duas partes possam ter uma cooperação mais profunda no futuro em prol do o desenvolvimento conjunto.

A Dra. Irene Va Kuan Lau apresentou o desenvolvimento económico e comercial de Macau e os trabalhos respeitantes à promoção da plataforma de cooperação sino-lusófona, assim como conferências e exposições por parte do IPIM. Além disso, os membros da Delegação partilharam o que sentiram ao participar neste Encontro e a situação de progresso dos negócios desenvolvidos por algumas empresas em São Tomé e Príncipe.

Adicionalmente, o “Encontro de Empresários para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa - São Tomé – 2019” foi realizado com êxito nos dias 8 e 9 de Julho, hora local. Quase 400 pessoas participaram no evento. Durante o evento, foram assinados 6 acordos e memorandos após mais de 80 bolsas de contactos. Durante a participação no Encontro, o Secretário-Geral Adjunto do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau), Dr. Ding Tian, destacou que o volume comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa no ano passado chegou aos 143.754 bilhões americanos de dólares, continuando a China a ser um dos parceiros comerciais mais importantes dos Países Lusófonos e um dos mercados de exportação mais importantes com um crescimento mais rápido. Ele referiu que o valor de todos os tipos de investimento por parte das empresas chinesas nos Países de Língua Portuguesa ultrapassou os 50 bilhões de dólares e que o valor dos contratos de obras de construção contratadas nos Países de Língua Portuguesa ultrapassou os 90 bilhões de dólares, o que demonstra o enorme potencial da cooperação económica e comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

O membro da Delegação Empresarial de Macau, representante da Federação Empresarial da China e dos Países de Língua Portuguesa e Presidente de Macau da Associação União de Empreendedores Sino-portugueses de Macau, Sr. U Kin Cho, frisou que foi a primeira vez que visitou São Tomé e Príncipe e descobriu que existem milhares de coisas para fazer em várias indústrias e o procedimento para entrar nestas indústrias também não é complicado, o que é adequado para a participação e desenvolvimento de pequenas e médias empresas, em especial, empresas start-up. No entanto, o Sr. Yu Kin Cho recomenda que os investidores reúnam bem todos os documentos e dados com antecedência, para, assim, assegurarem um desenvolvimento a longo prazo.

Adicionalmente, a Delegação visitou, no dia 10 de Julho, no horário local, as empresas da Zona Industrial do Norte de São Tomé e Príncipe – Agostinho Neto, Ribeira Palma e Neves – tendo mantido um intercâmbio entre as partes. Por fim, a Delegação terminou a sua missão em São Tomé e Príncipe e voltou para Macau.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar