Serviços de Saúde: Cerimónia de entrega de prémios para a promoção de aleitamento materno 2019

Convidados oficiais na cerimónia de abertura

No âmbito da Semana Mundial de Aleitamento Materno (WABA) 2019, os Serviços de Saúde em conjunto com a Associação Geral das Mulheres de Macau, a Associação de Amamentação de Macau e a Associação Promotora de Aleitamento e Cuidados Infantis de Macau organizaram a Cerimónia de Entrega de Prémios para a Promoção de Aleitamento Materno 2019 que teve lugar na Pavilhão Polidesportivo do Tap Seac no dia 31 de Agosto. O Director dos Serviços de Saúde, substituto, Dr. Cheang Seng Ip, representantes de vários serviços públicos e mais de 540 famílias (total de 1.980 indivíduos) participaram na cerimónia que registou um aumento de 6% de participantes relativamente ao ano passado. Este ano foram reconhecidas 76 instituições públicas e 63 instituições privadas de Macau que apoiam o aleitamento materno, além de 156 mães que amamentam de forma constante os bebés num período igual ou superior a dois anos; 256 mães que amamentam os bebés num período igual ou superior a um ano; e 204 mães que amamentam os bebés num período igual ou superior a seis meses.

O Director dos Serviços de Saúde, substituto, Dr. Cheang Seng Ip, referiu na cerimónia que, este ano é o quarto ano que os Serviços de Saúde realizam a “Cerimónia de entrega de prémios para a promoção de aleitamento materno”. Após uma promoção vigorosa nos últimos anos, os bebés nascidos em 2018 têm uma taxa de aleitamento materno de 92,72%, e o número de mães que alimentam os bebés com leite materno puro num período igual ou superior a dois anos, num período igual ou superior a um ano e período igual ou superior a seis meses continuou a aumentar. Desde 2016 que o Secretario para os Assuntos Sociais e Cultura tem promovido com prioridade o aumento do espaço para amamentação em serviços subordinados, e até agora esta política foi gradualmente estendida a outros serviços governamentais assim como ao sector privado. Até ao final de Agosto deste ano 226 salas de aleitamento materno foram criadas em instituições públicas / privadas em Macau (incluindo: um total de 134 salas em locais de serviço e estabelecimentos geridos por 14 serviços subordinados da Secretaria para os Assuntos Sociais e Cultura, um total de 25 noutros serviços governamentais e um total de 67 em empresas do sector privado), sendo um resultado muito encorajador. A fim de expandir o apoio à amamentação para diferentes classes da comunidade, os Serviços de Saúde incentivam as instituições / empresas a implementar medidas amigáveis à amamentação no local de trabalho, permitindo que as mães que voltaram para o trabalho continuem a amamentar. O "Programa de Construção de um Local de Trabalho Amigável", que foi lançado durante apenas três meses, 139 organizações do sector público e privado estão dispostas a participar do Programa, o que simboliza que a promoção do aleitamento materno em Macau está a entrar num novo marco, e não restringe apenas dentro de estabelecimentos de saúde, obtendo um apoio e reconhecimento amplos da sociedade.

O Director substituto, ressaltou que o tema da promoção da Semana Mundial de Aleitamento Materno (WABA) deste ano é "ajudar os pais a amamentarem com sucesso", o que significa que os esforços da ajuda e a persistência dos pais são a chave para o sucesso da amamentação. Isto, necessita da participação conjunta de todos os níveis da comunidade, de forma a criar um ambiente de amamentação amigável, harmonioso e saudável. A fim de proteger a“MACAU – UM LAR FELIZ E SADIO”, criar um bom ambiente social e consolidar a promoção da amamentação, os Serviços de Saúde continuarão a prosseguir as recomendações do Fundo da Criança das Nações Unidas e da Organização Mundial de Saúde como metas, e a aumentar activamente a taxa de aleitamento materno de Macau.

A presidente da Associação Geral das Mulheres de Macau, Ho Teng Iat, agradeceu o trabalho de promoção de aleitamento materno feito pela Secretaria para os Assuntos Sociais e Cultura e pelos Serviços de Saúde, bem como o apoio dos diferentes sectores da sociedade à amamentação, referindo que, após vários anos de promoções e acções feitas, as políticas de promoção de amamentação de Macau tem alcançado resultados posititvos. As instituições do sector público e privado cooperam estreitamente para que o ambiente de amamentação tenha melhores condições. Ela espera que, através das principais políticas estratégicas do país para o desenvolvimento da Grande Baía, Macau não apenas amplie o seu espaço de desenvolvimento, mas também promova um desenvolvimento diversificado e vincule o trabalho de promoção do leite materno a todo o Grande Baía. Também deseja que, no futuro, todos os sectores de Macau continuem a cooperar e implementar políticas para amamentação, de modo a proporcionar um ambiente seguro e amigável para as mães que amamentam.

Os dados disponíveis indicam que existem 139 instituições públicas / privadas em Macau que estão dispostas a participar de “um local de trabalho amigável à amamentação”, incluindo 65 serviços tutelados pela Secretaria para os Assuntos Sociais e Cultura, outros 11 serviços governamentais e 63 no sector privado. A taxa de amamentação de bebés nascidos em 2018 foi de 92,73%, em comparação com 92,57% em 2017, registou um ligeiro aumento de 0,16%, 18,73% dos lactentes alimentados com leite materno puro por seis meses ou mais, 1,47% um valor superior ao registado em 2017 que foi de 17,26%; 20,01% dos bebés nascidos em 2017 continuam a ser amamentados até 1 ano ou mais com alimentos adicionais, 1,01% um valor superior ao registado em 2017, 1,9% dos bebé são amamentados até aos 2 anos ou mais idade, correspondendo a um aumento de 0,32% em comparação com 2017, sendo estes resultados gerais um aumento contínuo. Para a promoção contínua da amamentação, os Serviços de Saúde prestam vários serviços de apoio à amamentação às mulheres em diferentes fases, desde a gravidez até ao parto, incluindo a educação sanitária regular de amamentação, orientação técnica, puspéras com os bebés numa sala durante 24 horas, contacto precoce de pele, a linha aberta de 24 horas para aconselhamento sobre o aleitamento materno e o plataforma inteligente online da aplicação telemóvel, entre outros serviços diversificados. Os membros da Equipa de Apoio ao Aleitamento Materno dos Serviços de Saúde também preocupam ou visitam regularmente para manter um bom ambiente comunitário para apoio ao aleitamento materno.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar