Concurso de Tradução Chinês-Português decorrerá na Universidade de Macau

Concurso de Tradução Chinês-Português decorrerá na Universidade de Macau

A primeira edição do Concurso de Tradução Chinês-Português, organizada pela Universidade de Macau e Universidade de Estudos Estrangeiros de Pequim, com o patrocínio do Fundo do Ensino Superior, decorrerá no dia 28 de Outubro, no campus da Universidade de Macau. O Concurso tem como objectivos promover a comunicação e interacção entre Macau e as universidades do interior da China, incentivar alunos de Português a participarem na prática de tradução, descobrir e premiar tradutores qualificados das duas línguas e, desta forma, melhorar o nível geral do ensino da língua portuguesa na China.

Para se inscreverem no Concurso, que é realizado em duas fases, a preliminar e a final, os candidatos devem escolher um dos dois grupos: o grupo de tradução de português para chinês e o grupo de tradução de chinês para português. Na selecção preliminar, as instituições participantes organizam, de forma autónoma, a aplicação dos exames junto dos seus alunos, usando os testes preparados pela Comissão Organizadora e respeitando o regulamento do Concurso para, posteriormente, recomendarem os melhores alunos à Comissão. Nesta primeira fase, cada instituição pode escolher, no máximo, quatro trabalhos que considera os melhores, nomeadamente dois do grupo chinês-português e dois do grupo português-chinês. Após uma avaliação de todos os trabalhos recebidos pelos membros do júri, com critérios unificados, são seleccionados 30 candidatos (15 de cada grupo). Estes serão convidados para a final na Universidade de Macau e, nessa fase, serão distinguidos os vencedores: 1º classificado (1 participante de cada grupo), 2º classificado (1 de cada grupo), 3º classificado (1 de cada grupo). Neste Concurso serão ainda atribuídas menções honrosas (5 menções para cada grupo).

Neste momento, a selecção nas instituições participantes já está concluída e a Comissão Organizadora recebeu, de 21 instituições de ensino superior de Macau e do interior da China, 66 trabalhos: 27 do grupo português-chinês e 39 do outro.

Para garantir a justiça e igualdade, as cópias, antes de serem entregues ao júri, são agrafadas e reordenadas com os dados pessoais cobertos. A avaliação é completamente anónima, além de ser rigorosa, visto que cada grupo conta com diferentes revisores que lêem e avaliam todas as cópias de modo independente. Além disso, para testarem o verdadeiro nível dos candidatos, as provas exigem que os participantes concluam a tradução de forma independente dentro do tempo especificado, não podendo usar a Internet ou qualquer outro material de referência.

Os presidentes do Concurso são o Prof. Yao Jing Ming, do Departamento de Português da Universidade de Macau, responsável pelo grupo português-chinês, e o Prof. Ye Zhi Liang, da Faculdade de Estudos Hispânicos e Portugueses da Universidade de Estudos Estrangeiros de Pequim, pelo grupo chinês-português.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar