Serviços de Saúde apoiam desenvolvimento de medicina tradicional chinesa em Macau

Numa actividade realizada, domingo (27 de Outubro), o Director dos Serviços de Saúde, Dr. Lei Chin Ion, entrevistado pela comunicação social, afirmou que os Serviços de Saúde continuam a apoiar o desenvolvimento da medicina tradicional chinesa na ERA Macau, e através da alteração da lei orgânica, criar serviços especializados para promover e supervisionar o desenvolvimento da medicina tradicional chinesa.

O director dos Serviços de Saúde salientou ainda que estão a ser efectuados todos os esforços para promover o desenvolvimento da medicina tradicional chinesa, tendo sido criado, em colaboração com a Organização Mundial da Saúde, o Centro de Cooperação de Medicina Tradicional, e há um empenho no apoio à Organização Mundial da Saúde na promoção conjunta do desenvolvimento da medicina tradicional de outras regiões, tais como medicina indicana e medicina tradicional chinesa.

O dr. Lei Chin Ion disse ainda que recentemente os Serviços de Saúde organizaram uma visita à Zona da Grande Baía destinada a jovens médicos locais no sentido de discutir com os serviços competentes da Província de Guangdong a realização de estágios e formação nas cidades de Cantão e Zhongshan. Os Serviços de Saúde estão, ainda, a preparar o envio de médicos jovens locais para se deslocarem a algumas cidades da província de Guangdong para realização de estágios, assim como iniciar o recrutamento local de médicos de medicina tradicinal chinesa para os centros de saúde, alargando ainda mais, com base nos números actuais dos centros de saúde, o número dos médicos de medicina tradicinal chinesa.

E+m conformidade com a legislação vigente, os Serviços de Saúde enfrentam algumas dificuldades técnicas aquando da abertura das provas de ingresso na área de medicina tradicional chinesa, por exemplo, é necessário disponibilizar perguntas em língua portuguesa nas provas, pelo que os Serviços de Saúde têm cooperado com a Administração Nacional de Medicina Tradicional Chinesa e com as instituições de exames do Interior da China, a fim de resolver o problema.

Prevê-se que os trabalhos de recrutamento possam decorrer no próximo ano.

O Director dos Serviços de Saúde sublinhou, também, que a medicina tradicional chinesa tem um amplo reconhecimento e base social em Macau, o que se pode constatar através da percentagem de uso dos de vales de saúde: a proporção de residentes que utilizam vales de saúde na medicina tradicional chinesa é igual aos números usados na medicina ocidental. Apesar disso, os Serviços de Saúde vão continuar a realizar acções de sensibilização e educação no âmbito de medicina tradicional chinesa.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar