O Governo da RAEM apoia os estudantes afectados na preparação do regresso à região de Taiwan

A partir de hoje, a região de Taiwan suspendeu a entrada dos residentes de Hong Kong e Macau. A Direcção dos Serviços do Ensino Superior prestou maior atenção aos estudantes de Macau que não conseguem prosseguir estudos, conforme a data prevista, na região de Taiwan, definindo uma série de medidas de contingência para que os estudantes afectados e os seus pais fiquem sem preocupação. Estas medidas incluem a cooperação com a Autoridade de Aviação Civil, na coordenação do tratamento dos bilhetes de avião. A AAC continuará a manter contactos com as companhias aéreas e, após o cancelamento da respectiva medida de suspensão, serão aumentados mais voos para os estudantes regressarem o mais rapidamente possível à região de Taiwan, para continuarem os seus estudos.

Preparação dos trabalhos relativos aos bilhetes de avião para apoiar os estudantes no regresso à região de Taiwan

Para aliviar a preocupação dos estudantes de Macau que não conseguem prosseguir estudos, conforme a data prevista, na região de Taiwan e reduzir os seus encargos económicos, a DSES iniciou, em colaboração com a AAC, os trabalhos de coordenação referentes à organização dos bilhetes de avião. Efectuado o contacto com as companhias aéreas, a AAC obteve a cooperação e o apoio das respectivas companhias aéreas: as companhias aéreas Air Macau e EVA Air permitem que os estudantes afectados possam reagendar, gratuitamente, as suas viagens e a companhia aérea Tigerair permite que os mesmos possam cancelar as suas viagens. A DSES já enviou e-mails aos estudantes afectados para os informar sobre a alteração dos bilhetes de avião. Além disso, a AAC continuará a coordenar e comunicar com as companhias aéreas e, após o cancelamento da respectiva medida de suspensão, serão aumentados mais voos para os estudantes irem o mais rapidamente possível à região de Taiwan, para continuarem os seus estudos. Actualmente, com a resposta e o apoio activo da Air Macau, e a mesma já lançou um plano especial que inclui a isenção de taxa de processamento para os estudantes afectados pelo cancelamento de bilhetes; a alteração, sem vezes limitadas, da data de bilhetes; a isenção de pagamento de compensação para a diferença dos preços de bilhetes; e após o alívio da epidemia e depende da situação real, irá aumentar os voos e ajustar os modelos de avião, para que os estudantes possam regressar às suas instituições do ensino superior o mais rapidamente possível. Por outro lado, para outros casos especiais, por exemplo, os estudantes que não se deslocam de Macau a Taiwan, a DSES e a AAC irão acompanhar, individualmente, a situação.

Estudo contínuo com o plano “Estudo sem preocupação”

Sabe-se que a autoridade responsável pela educação da região de Taiwan já lançou o plano “Estudo sem preocupação”. Os estudantes envolvidos podem tratar das formalidades das instituições do ensino superior, tais como a matrícula e a inscrição, o pagamento de taxas, a escolha de disciplinas, entre outras, através dos seus representantes ou dos meios de comunicação. Além disso, os estudantes podem continuar a frequentar os seus cursos à distância. Quanto às aulas de experimentação e aos estágios profissionais, os estudantes devem comunicar primeiro com as suas instituições do ensino superior, para saber se as respectivas instituições têm um plano alternativo. A DSES irá manter o contacto estreito com a Delegação Económica e Cultural de Macau, em Taiwan, conhecendo a data possível do regresso à região de Taiwan dos estudantes e as respectivas disposições, para os estudantes poderem se preparar mais cedo.

Registo dos estudantes afectados o mais rapidamente possível

Para conhecer o número de estudantes envolvidos e tomar as medidas adequadas, a DSES lançou o sistema de registo on-line, e até às 15h00 de 11 de Fevereiro, registaram-se 1197 estudantes. De acordo com os dados, há 1145 estudantes de cursos de licenciatura, 44 estudantes de cursos de mestrado, 4 estudantes de cursos de doutoramento e 4 estudantes de outros cursos de diploma. As instituições do ensino superior mais frequentadas pelos estudantes registados são a Tamkang University, a Ming Chuan University, a Universidade de Taiwan, a Soochow University, a Taiwan Normal University, a Fu Jen Catholic University,a Chung Yuan Christian University, a Chinese Culture University, a Taipei University,a Chengchi University, entre outras. Os estudantes pretendiam inicialmente ir para a região de Taiwan entre 12 e 17 de Fevereiro.

A DSES apela aos estudantes envolvidos a acederem à sua página electrónica (https://aeees.dses.gov.mo/TWData/) para fazerem o registo, o mais rapidamente possível. Os estudantes devem preencher as seguintes informações: nome da instituição do ensino superior, departamento académico, ano, dados pessoais básicos de contacto, data de partida de Macau e companhia aérea inicialmente marcadas, e horário de partida do avião, entre outras. Para qualquer esclarecimento, é favor contactar com a DSES pelo telefone 28345403.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar