Efectuada com sucesso a partida do avião fretado para trazer residentes retidos em Hubei

Funcionários dos Serviços de Saúde e do Gabinete de Gestão de Crises do Turismo, juntamente com tripulação da companhia aérea, embarcam no avião fretado pelo Governo da RAEM para trazer residentes de Macau retidos em Hubei.

O Governo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) enviou, hoje (7 de Março), pelas 09h30, um voo fretado da Air Macau (NX9608) à cidade Wuhan, para ir buscar residentes de Macau que se encontram retidos na província de Hubei. O avião, onde seguiu uma equipa do governo, aterrou no Aeroporto Internacional de Tianhe, em Wuhan, por volta das 11h00.

A bordo da aeronave seguiram três médicos dos Serviços de Saúde, três enfermeiros, dois funcionários da Direcção dos Serviços de Turismo, bem como sete elementos da tripulação. Antes de embarcarem, todas essas pessoas tiveram de deslocar-se, pelas 07h30, ao Centro Hospitalar Conde de São Januário para os últimos preparativos, nomeadamente a mediação de temperatura corporal e verificação dos equipamentos necessários para a viagem, de onde seguiram directamente para o Aeroporto Internacional de Macau. Já nesse local, encontraram-se com o secretário para a Administração e Justiça, André Cheong, a secretária para os Assuntos Sociais e Cultura, Ao Ieong U, e a chefe do Gabinete do Chefe do Executivo, Hoi Lai Fong, de quem receberam palavras de encorajamento.

Os setes elementos da tripulação entraram no avião fretado, por volta das 08h30, para ultimar os preparativos de voo, enquanto a equipa médica e os funcionários dos Serviços de Turismo subiram para a aeronave, às 09h10, já equipados com os fatos de protecção. Por fim, partiram rumo à cidade de Wuhan para trazer residentes de Macau retidos na província de Hubei.

Após a descolagem, o director dos Serviços de Saúde, Lei Chin Ion, e a coordenadora do Gabinete de Gestão de Crises do Turismo e directora dos Serviços de Turismo, Maria Helena de Senna Fernandes, fizeram declarações à comunicação social. Lei Chin Ion contou que, ao conversar com os funcionários dos dois serviços antes do voo, sentiu que o grupo estava com um bom estado de espírito e confiante na concretização da sua missão. E sublinhou que, na noite passada, esses funcionários realizaram vários simulacros, de modo a assegurar o sucesso do seu trabalho. Já a directora dos Serviços de Turismo, indicou que, desde as 07h30 de hoje, entrou em funcionamento um Centro de Controlo, no aeroporto, que junta, além de representantes dos Serviços de Saúde e da Direcção dos Serviços de Turismo, também pessoal dos Serviços de Polícia Unitários, mantendo uma comunicação estreita com o Chefe do Executivo. Por outro lado, indicou que o Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM tem igualmente mantido uma boa comunicação com responsáveis da província de Hubei.

Maria Helena de Senna Fernandes referiu ainda que, em Hubei, a primeira família a deslocar-se ao Aeroporto Internacional de Tianhe saiu de casa antes das 02h00 e que o pessoal do Gabinete de Gestão de Crises do Turismo tem estado em constante ligação com todos os agregados familiares. Assim sendo, tinha a informação de que, esta manhã, vários residentes de Macau tinham já chegado aquele aeroporto. Durante toda a noite, foram os gabinetes dos assuntos externos da província de Hubei e do município de Wuhan que ajudaram os residentes de Macau a resolver eventuais problemas. A directora dos Serviços de Turismo adiantou também que, devido ao nevoeiro intenso, alguns agregados familiares viram-se obrigados a adiar a partida para o aeroporto, prevendo-se que a última família chegue ao local pelas 14h00, ficando o avião fretado à sua espera.

A mesma responsável deu conta de que uma das pessoas decidiu não regressar a Macau por meio deste avião fretado, por motivos pessoais, o que reduz para 58 o número de residentes de Macau que o voo irá trazer de regresso ao território, num total de 32 agregados familiares. Relativamente à possibilidade de haver um segundo voo fretado para transportar os restantes residentes de Macau retidos em Hubei, Maria Helena de Senna Fernandes disse que dependerá dos resultados desta primeira acção de transporte.

A chegada do voo fretado da Air Macau (NX9607) a Macau, vindo de Wuhan, está prevista para as 16h00. Entre os 15 profissionais a bordo do avião, estão a chefe do Departamento de Formação e Controlo da Qualidade dos Serviços de Turismo, Doris Leong, escolhida como chefe da equipa do governo, e a médica dos Serviços de Saúde, Ieong Pui I, na qualidade de vice-chefe.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar