Governo da RAEM exorta companhias petrolíferas a ajustarem os preços imediatamente para responder às solicitações da sociedade


Desde sempre, o Grupo de Trabalho Interdepartamental para a Fiscalização dos Combustíveis do Governo tem vindo a acompanhar de perto as variações dos preços dos produtos petrolíferos de Macau. Tendo em conta que o preço internacional do petróleo bruto registado recentemente foi influenciado pela epidemia da pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus e a ruptura do acordo sobre a limitação de produção de petróleo nos países produtores, o preço internacional do petróleo bruto sofreu uma descida significativa, caindo de cerca de 67 dólares por barril (no início de Janeiro de 2020), para cerca de 25 dólares por barril (em 19 de Março), o que corresponde um decréscimo de cerca de 60%. E no mesmo período, o preço internacional dos produtos refinados do petróleo sofreu também uma descida de cerca de 40 dólares americanos por barril.

A maior parte dos produtos combustíveis da RAEM são gasolina, gasóleo e gases de petróleo. Apesar de os fornecedores de combustíveis terem reduzido os preços de venda a retalho seis vezes, durante este ano, mas face às mudanças recentes do preço internacional do petróleo, devem-se, de imediato, proceder aos ajustamentos correspondentes, concretizando o mecanismo de ajustamento de preços (os preços tanto podem ser aumentados, como podem ser reduzidos).

Através do Grupo de Trabalho Interdepartamental para a Fiscalização dos Combustíveis, o Governo da RAEM tem mantido uma comunicação regular e não periódica com o sector. Para além de divulgarem periodicamente as informações sobre os preços do petróleo e de envidarem esforços para aumentar a transparência dos preços dos produtos combustíveis, a Direcção dos Serviços de Economia e o Conselho de Consumidores, exortaram também o sector que a fixação dos preços dos produtos petrolíferos devem ser consistente com o ritmo de ajustamento internacional, a fim de responder às solicitações da sociedade e da população em geral.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar