Novo caso confirmado de pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus (COVID-19) em Macau – 30.º caso


O Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus anuncia que foi registado um novo caso importado de pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus em Macau hoje (dia 25), registado como 30º caso confirmado.

O doente do sexo masculino, 52 anos de idade, visitante de nacionalidade Australiana, esteve com a mulher em São Francisco (Estados Unidos) entre 27 de Fevereiro e 4 de Março. Entre 4 e 15 de Março, visitou o Reino Unido.

No dia 15 de Março, apanhou o vôo n.º VS206 (Virgin Atlantic Airways, lugar n.º66A ) do Aeroporto de Heathrow (Londres), e a 16 de Março chegou no Aeroporto de Hong Kong. No mesmo dia viajou até Macau via Posto Fronteiriço da Ponte Hong Kong- Zhuhai- Macau.

Durante a estadia em Macau entre 16 e 20 de Março, ficou alojado na POUSADA DE COLOANE, tendo declarado que nesses dias permaneceu na zona da pousada e frequentou a praia perto da pousada.

No dia 19 de Março, durante o dia deslocou-se ao Venetian Macao-Resort-Hotel usando o autocarro n.º 26A, a entrada no casino foi recusada devido à falta de passaporte, tendo apenas circulado nos espaços do Resort. Naquela noite jantou no Restaurante “LA GONDOLA” na praia de Cheoc Van.

No dia 20 de Março este doente tinha programado regressar à Austrália através do aeroporto Internacional de Hong Kong, mas a entrada no território foi-lhe recusada tendo regressado a Macau. De acordo com as directrizes em vigor, naquela data, quando regressou a Macau foi encaminhado para observação médica no RESORT GRANDE COLOANE.

No dia 24 de Março (terça-feira), os profissionais de saúde realizaram um teste de zaragatoa nasofaríngea. No dia 25 de Março (quarta-feira) o resultado revelado pelo Laboratório de Saúde Publica foi confirmado como positivo para a pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus (COVID-19).

O doente está em estado clínico considerado normal e foi encaminhado para tratamento hospitalar na enfermaria de isolamento do Centro Hospitalar Conde de São Januário. A mulher do doente é considerada como o contacto próximo, e irá ser alojada no Centro Clínico de Saúde Públicapara a observação médica.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar