Concluir o mais rápido possível trabalhos de acompanhamento do Posto Fronteiriço Hengqin

Secretário para a Segurança, Wong Sio Chak fala à comunicação social

O Secretário para a Segurança, Wong Sio Chak revelou, hoje (26), que depois de ser entregue a Zona do Posto Fronteiriço da Parte de Macau do Posto Fronteiriço Hengqin (Ilha de Montanha), no dia 18 de Março, o governo da RAEM, actualmente, realiza os respectivos trabalhos de acompanhamento. Adiantou que é um projecto de marca, muito significativo para o Interior da China e para Macau salientando que o governo da RAEM irá concluir, o mais breve possível, todos os trabalhos de acompanhamento para garantir a sua entrada em funcionamento ainda durante o corrente ano.

Ao ser entrevistado pela comunicação social, após a reunião do Conselho Permanente da Assembleia Legislativa, Wong Sio Chak revelou que, tanto o próprio como o secretário para os Transportes e Obras Públicas, Raimundo do Rosário, visitaram a zona do posto fronteiriço correspondente a Macau após este ter sido entregue. Referiu que os serviços competentes das tutelas de ambos os secretários coordenam os trabalhos, incluindo as obras de reparação e aperfeiçoamento e a adquisição dos equipamento necessários, enquanto a disposição de pessoal dos Serviços de Alfândega, do Corpo da Polícia de Segurança Pública, da Polícia Judiciária e do Corpo de Bombeiros está basicamente concluída.

Entretanto, a nível de segurança, Macau e Zhuhai também precisam de realizar ajustamentos e testes às instalações, no que concerne à pressão dos fluxos de passagem fronteiriça e do simulacro de incêndio, para resolver os potenciais problemas no sentido de garantir o funcionamento suave do posto fronteiriço.

Wong Sio Chak indicou que mesmo que a necessidade de passagem de fronteiras não seja muito urgente, no âmbito da epidemia, o governo ainda fará os possíveis para promover todas as vertentes no sentido de concretizar, o mais rápido possível, o calendário de entrada em funcionamento do posto fronteiriço.

Entretanto, relativamente à recente declaração do Chefe do Executivo sobre premiar os funcionários que participam nos trabalhos de prevenção e combate à epidemia, Wong Sio Chak disse que Ho Iat Seng deu instruções aos secretários em relação a este assunto, especialmente no que se refere a pessoal da linha frente.

Wong Sio Chak revelou também que, segundo o Regime Geral da Avaliação do Desempenho dos Trabalhadores da Administração Pública, os funcionários públicos que obtem avaliação de desempenho de «Excelente» podem receber licença por mérito ou prémio pecuniário. Para os agentes da PJ existe ainda a Menção de Mérito Excepcional e para os agentes da CPSP menção especial que permite conceder promoção ou a redução do tempo de serviço para efeitos de acesso ou progressão na carreira. O secretário para a Segurança disse ainda que iria ponderar todos estes factores na avaliação do desempenho a realizar no final do ano. Avançou que o regime dos prémios e incentivos ao desempenho dos trabalhadores dos serviços públicos define originalmente um limite no número de pessoas que poderiam obter a classificação de «Excelente», mas o Chefe do Executivo instruiu que, este ano, iria haver um alívio das restrições, mas a atribuição da classificação de «Excelente» precisa ainda de confirmação dos secretários, por isso haverá sempre algum limite.

O secretário Wong Sio Chak agradeceu, mais uma vez, a todos os funcionários da área de segurança que tem trabalhado duramente para a prevenção e combate à epidemia, especialmente, nas áreas da polícia, investigação, alfândega e bombeiros, apesar de ter feito a mesma referência anteriormente em reuniões internas. O mesmo espera que todos continuem a fazer um bom trabalho na prevenção e combate à epidemia para defender a segurança e saúde dos residentes de Macau.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar