CUIDADO COM SMS FRAUDULENTO DE UM BANCO

Cuidado com sms fraudulento de um banco

A Polícia Judiciária recebeu informações dos vários cidadãos, relativas a um SMS com o conteúdo“[BOC]https://chat.whatsapp.com/F1MZHWJP884BfFm21i4rzK [Click the link to join the gro immediately and get the soaring shares which will be announced tomorrow” (a sigla “BOC” indica um banco do território). Segundo esta mensagem, através do clique neste link, poder-se-á obter um grande ganho com o aumento do valor em acções. Consequentemente, a PJ confirmou a informação com o respectivo banco que o qual referiu que nunca emitiu nenhuma mensagem daquele teor aos cidadãos pelo que a situação poderá ser um caso envolvendo a burla através de telecomunicações.

Até à data, a Polícia Judiciária não recebeu nenhuma queixa relacionada com esta situação. Dada a constante mudança do modo de fazer burla, a PJ alerta a população para estar sempre atenta e não acreditar facilmente nos conteúdos de mensagens recebidas, evitando ser enganada desta maneira.

Dicas para a prevenção:

  1. Não descarregue fotografias de origem desconhecida pois poderão causar a entrada de vírus no seu computador depois de descarregadas
  2. Verifique a credibilidade do website; preste mais atenção às informações sobre cibersegurança e melhore os seus conhecimentos nesta matéria;
  3. Não insera as informações da sua conta bancária num site desconhecido e não faça transferência bancária para uma conta de origem desconhecida;
  4. Instale e actualize os softwares anti-vírus, anti-spyware e firewall no computador e smartphone, e altere periodicamente as senhas do computador e da conta da rede;
  5. Divulgue as informações sobre a prevenção de burla aos seus familiares e amigos para os sensibilizar a tomarem cuidado contra fraudes;
  6. Se estiverem perante uma situação de burla de telecomunicações ou perante qualquer tipo de crime, devem reportar ou pedir ajuda imediatamente à polícia;
  7. Para mais esclarecimentos, poderá ser contactada a PJ através da linha aberta para a prevenção da burla, nº 8800 7777 ou a linha aberta 993.
Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar