Funcionamento normal das escolas no reinício das aulas do 1.º ao 3.º ano de escolaridade

Os dirigentes da DSEJ deslocaram-se às escolas para se inteirarem da situação

Nos dias 1 e 2 de Junho, um total de 18.000 alunos, do 1.º ao 3.º ano do ensino primário, de 59 escolas de Macau, retomaram as aulas presenciais. Antes do reinício das aulas, as escolas procederam à limpeza e desinfecção completa do meio escolar e à realização de simulacros, de acordo com as orientações emitidas pelos Serviços de Saúde e pela Direcção dos Serviços de Educação e Juventude (DSEJ). Tanto o pessoal docente e não docente, como os alunos transfronteiriços, foram aprovados no teste de ácido nucleico.

Na parte da manhã do dia 1 de Junho, os dirigentes, chefias e trabalhadores da DSEJ ficaram a conhecer a situação das aulas nas escolas. Algumas organizaram horários diferenciados para o início da primeira aula, com desfasamentos de 5 a 30 minutos, nos diferentes anos de escolaridade, para efeito de gestão adequada, de modo a evitar a concentração de pessoas. Com a colaboração dos encarregados de educação e alunos, as escolas implementaram, rigorosamente, as diversas medidas de prevenção epidémica, de forma ordenada e evidenciaram um funcionamento normal.

Na fase inicial da retomada das aulas, a DSEJ sugere aos encarregados de educação, docentes e agentes de aconselhamento dos alunos, que prestem, por sua iniciativa, apoio e atenção aos seus educandos/alunos, na sua readaptação ao ambiente de aprendizagem, a estabelecerem bons hábitos de vida e hábitos de higiene. A DSEJ continuará a destacar pessoal para conhecer a situação nas escolas, no dia 2 de Junho, de forma a assegurar, em conjunto com as partes interessadas, a saúde e a segurança dos docentes e alunos.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar