Instituto Politécnico de Macau e Associação de Bancos de Macau assinaram Protocolo de Cooperação sobre o “Sistema Auxiliar de Tradução Chinês-Português / Português-Chinês de Documentos Oficiais”, impulsionando o desenvolvimento das “Finanças + Tecnologia”

Instituto Politécnico de Macau e Associação de Bancos de Macau assinaram Protocolo de Cooperação sobre o “Sistema Auxiliar de Tradução Chinês-Português / Português-Chinês de Documentos Oficiais”, impulsionando o desenvolvimento das “Finanças + Tecnologia”

Explorando as vantagens de Macau como plataforma de serviços financeiros entre a China e os Países de Língua Portuguesa e com vista promover o desenvolvimento industrial, académico e científico nas instituições do ensino superior, em 10 de Junho de 2020, o Instituto Politécnico de Macau (IPM) e a Associação de Bancos de Macau (ABM) celebraram o Protocolo de Cooperação sobre o “Sistema Auxiliar de Tradução Chinês-Português / Português-Chinês de Documentos Oficiais” e o Protocolo sobre as “Bolsas de Estudo da Associação de Bancos de Macau”. As duas partes vão reforçar a cooperação no sentido de promover a formação de jovens talentos criativos e com elevados conhecimentos científicos nas áreas interdisciplinares, estimulando a cooperação financeira entre Macau e os Países de Língua Portuguesa e, assim, por via do desenvolvimento das “Finanças + Tecnologia”, apoiando Macau na construção da “Plataforma Sino-Lusófona”.

A Cerimónia de Assinatura dos referidos protocolos de cooperação teve lugar na tarde do dia 10 de Junho, no Instituto Politécnico de Macau, tendo os mesmos sido assinados pelo Presidente do Instituto Politécnico de Macau, Im Sio Kei, e pelo Presidente da Associação de Bancos de Macau, Ip Sio Kai. Por sua vez, o Prof. Im Sio Kei referiu que o Instituto tem-se dedicado a promover a combinação entre os sectores industrial, académico e científico. Em Dezembro do ano passado, foi criado o primeiro Centro de Estudos de Engenharia do Ministério da Educação da República Popular da China nas regiões de Hong Kong e Macau, o “Centro de Investigação de Engenharia em Tecnologia Aplicada à Tradução Automática e Inteligência Artificial, Ministério da Educação”, de modo a desenvolver produtos e serviços aplicados na tradução automática, o qual dispõe de tecnologia própria em inteligência artificial, com propriedade intelectual autónoma. O Professor Im Sio Kei apresentou que o “Sistema Auxiliar de Tradução Chinês-Português / Português-Chinês de Documentos Oficiais”, sendo este um sistema auxiliar de tradução de documentos oficiais baseado nas técnicas mais avançadas na tradução automática e redes neuronais, desenvolvido com o intuito de apoiar os tradutores na tradução de documentos oficiais nas línguas chinesa e portuguesa, contribuindo para elevar a eficiência do trabalho. Este sistema já está a ser usado em vários serviços e órgãos públicos, facilita e aumenta significativamente a velocidade e a precisão dos trabalhos de tradução, e tem vindo a ser fortemente elogiado por elevar a eficiência administrativa. O Presidente do IPM Im Sio Kei agradeceu a criação de bolsas de estudo pela Associação de Bancos de Macau recordando que estas são um forte incentivo para que os alunos excelentes possam dedicar-se ao estudo de tradução automática entre as línguas chinesa, portuguesa e inglesa, contribuindo para a formação de jovens empreendedores em diversas áreas e a exploração e aplicação de mais resultados da investigação científica em projectos industriais e não só.

Por sua vez, o Dr. Ip Sio Kai referiu que a Associação de Bancos de Macau e o sector bancário de Macau estão a articular-se estreitamente com uma série de políticas governativas no desenvolvimento do sector financeiro moderno, empenhando-se na construção da plataforma de serviços financeiros entre a China e os Países de Língua Portuguesa. No ano passado, a Associação de Bancos de Macau, a Associação de Bancos e Instituições Financeiras de Guiné-Bissau, a Associação de Bancos de Moçambique, a Associação Portuguesa de Bancos e a Associação de Bancos de São Tomé assinaram um acordo para reforçar a cooperação entre os bancos de Macau e dos Países de Língua Portuguesa, acordo esse que contribuiu para o reforço da cooperação financeira entre as partes interessadas. Por outro lado, em conjugação com as “Linhas de Acção Governativa” do actual Governo da RAEM e as “Opiniões sobre o apoio financeiro à construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau”, face às novas exigências levantadas por Macau sobre o desenvolvimento financeiro, a plataforma de serviços financeiros entre a China e os Países de Língua Portuguesa entrará numa fase de rápido desenvolvimento, o que significa que, no futuro, o intercâmbio financeiro de Macau com os Países de Língua Portuguesa será mais frequente. O Dr. IP Sio Kai indicou que, através da assinatura dos protocolos de cooperação com o IPM, promover-se-á, de forma pragmática, a entrada em funcionamento das tecnologias financeiras em Macau, contribuindo para a obtenção de informações actualizadas sobre o desenvolvimento financeiro de Macau e do Interior da China, e a respectiva divulgação efectiva para os Países Lusófonos, através do sistema de tradução, de modo a reforçar a ligação e a cooperação financeira com esses países. A Associação de Bancos de Macau vai aproveitar este sistema de tradução automática para, de futuro, criar mais oportunidades de cooperação financeira entre o sector bancário de Macau e o do mundo lusófono, promovendo ainda mais o papel e a função da plataforma de serviços financeiros entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

Durante a Cerimónia, os investigadores do IPM apresentaram aos convidados o “Sistema Auxiliar de Tradução Chinês-Português / Português-Chinês de Documentos Oficiais” e os resultados mais recentes da investigação científica. Estiveram presentes na Cerimónia e testemunharam a assinatura dos protocolos, nomeadamente, o Vice-Presidente da Associação de Bancos de Macau, Au Ieong Iu Kong; o representante do Vice-Presidente, Ieong Kim Man; o Director-Geral, Sio Ng Kan; o Secretário-Geral, Loi Weng Kei; a Secretária-Geral do Instituto Politécnico de Macau, Lei Vai Fong, a Directora da Escola Superior de Ciências Aplicadas, Tse Tan Sim, o Director da Escola Superior de Ciências de Gestão, Huang Guihai, o Chefe do Serviço de Administração e Finanças, Lam Ieng Kit, o Coordenador do Curso de Informática, Lam Chan Tong, o Coordenador do Curso de Doutoramento em Tecnologia Informática Aplicada, Tang Su Kit, entre outros.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar