Implementação de condicionamentos provisórios ao trânsito em articulação com a obra da passagem superior para peões do Jardim Triangular da Areia Preta

Obra de melhoramento de passagem superior para peões do Jardim Triangular da Areia Preta

A Direcção dos Serviços de Solos, Obras Públicas e Transportes (DSSOPT) deu início à “Obra de melhoramento de passagem superior para peões do Jardim Triangular da Areia Preta” que consiste na instalação de três elevadores nos três acessos situados junto ao Ki Kuan Bairro e aos Edifícios Villa Bela e ao Novo Macau Centro, respectivamente, criando-se assim melhores condições de travessia pedonal livre de barreiras arquitectónicas.

Devido ao espaço limitado para os respectivos acessos, é necessário redimensionar as escadas de acesso no sentido de ganhar espaço suficiente para a instalação de elevadores e, aproveitando esta oportunidade, efectuar ao mesmo tempo a reparação da estrutura da passagem, do revestimento e substituição da cobertura e dos respectivos equipamentos, mantendo o estilo original da concepção baseado na simplicidade e funcionalidade. A obra teve início no final de Maio e o prazo de execução é de cerca de 270 dias de trabalho.

Conforme o plano de execução da obra e o cronograma, as obras iniciam-se, em primeiro lugar, nos acessos juntos ao Ki Kuan Bairro e ao Edifício Novo Macau Centro e segue, posteriormente, no meio dos canteiros e no acesso junto ao Edifício Villa Bela. Em articulação com a execução da obra, nas vias envolventes da passagem situada na intersecção entre a Estrada Marginal do Hipódromo e na Estrada da Areia Preta são implementados os condicionamentos provisórios ao trânsito das 09:30 a 17:30, vedando-se, condicionalmente, ao trânsito a via de circulação situada em frente do Hotel Vitória e retomando-se o funcionamento normal fora do horário acima indicado. Em simultâneo, é vedado o acesso à referida passagem superior para peões a partir de hoje (29 de Junho), pelo que, os peões devem atravessar a via na passadeira. Durante a execução da obra, o local é vedado com barreiras cheias de água e tapumes e é mantida, o máximo possível, a visibilidade do local, por forma a reduzir os impactos resultantes da obra.

A DSSOPT e a DSAT agradecem a colaboração dos moradores da zona e a compreensão dos cidadãos pelos inconvenientes causados.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar