Conferência de imprensa sobre a divulgação de dados de trabalho do primeiro semestre de 2020 do Corpo de Bombeiros

Conferência de imprensa sobre a divulgação de dados de trabalho dos meses de Janeiro a Junho de 2020 do Corpo de Bombeiros
  1. Dados estatísticos
  1. Dados das acções operacionais

01/01/2019~30/06/2019

01/01/2020~30/06/2020

Variação

homóloga

Taxa de variação homóloga

Todas as acções operacionais

24.671 casos

21.027 casos

↓3.644

↓14,77%

Incêndios

446 casos

(361 casos) sem o uso de mangueiras para a realização da extinção do fogo

(127 casos) de comida queimada

378 casos

(306 casos) sem o uso de mangueiras para a realização da extinção do fogo

(67 casos) de comida queimada

↓68

↓15,25%

Saídas de ambulância

21.602 casos

(26.391 vezes)

18.176 casos

(20.006 vezes)

↓3.426

(↓ 6.385)

↓15,86%

(↓24,19%)

Operações de salvamento

715 casos

655 casos

↓ 60

↓8,39%

Serviços especiais

1.908 casos

1.818 casos

↓ 90

↓4,72%

b. O Corpo de Bombeiros (CB) respondeu constantemente às tarefas da pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus

O CB efectuou plenamente os trabalhos de prevenção e controlo da pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus do Governo da RAEM, continuou a manter uma ligação estreita com os Serviços de Saúde, confirmou o processo de transporte de pacientes suspeitos e reviu os materiais para a prevenção da epidemia e protecção pessoal desta Corporação, de modo a assegurar que o pessoal da linha da frente possui a garantia de segurança suficiente. Além do mais, o CB organizou “Palestras sobre Conhecimentos de Prevenção e Controlo daPneumonia causada pelo Novo Tipo de Coronavírus” em conjunto com os Serviços de Saúde, ambas as partes procederam à partilha e ao intercâmbio na área de conhecimento e de experiência profissional de prevenção e controlo da epidemia, alcançando assim os resultados esperados.

As tarefas de prevenção e controlo da epidemia do Governo da RAEMobtiveram as eficáciasfaseadas, o CB tem mantido o alto grau de precaução, revê constantemente os materiais diários dos equipamentos de prevenção da epidemia e de protecção pessoal, presta estreita atenção à evolução da epidemia, actualiza oportunamente as orientações de trabalho sobre o transporte de doentes suspeitos e pede ao pessoal da primeira linha que as executem rigorosamente, de modo a responder completamente aos trabalhos de prevenção e controlo da epidemia.

Entre 9 de Janeiro e 22 de Julho de 2020, o CB procedeu ao transporte dos 1.729 casos suspeitos, contando com 2.448 pessoas (1.195 pessoas do sexo masculino e 1.253 pessoas do sexo feminino).

c. O CB coordenou com as medidas de prevenção da epidemia do Governo da RAEM e procedeu ao ajustamento do modelo de trabalho da difusão e educação de segurança contra incêndios

O CB desenvolveu activamente e implementou as tarefas de prevenção da epidemia, divulgação e educação de protecção contra incêndios, para além de realizar a difusão através da rádio, televisão, jornal, reclamo luminoso, WeChat, Facebook e conta oficial doInstagram, também usou a rede e a tecnologia de comunicação, convidou os representantes das associações e os chefes de segurança contra incêndios comunitária para efectuarem videoconferência, com o objectivo de ouvir as opiniões sobre as tarefas de prevenção de incêndios junto de habitantes, conhecer as situações sobre a prevenção da epidemia no seio da comunidade, proceder à difusão sobre o uso seguro do fogão a gás dos moradores através do telefone, acompanhar as situações de aperfeiçoamento relacionadas com a vistoria ao fogão a gás em domicílio, realizar formações sobre conhecimentos de segurança contra incêndios destinadas ao sector de administração de propriedades de Macau através do vídeo, consolidar o conhecimento do pessoal do sector e elevar as suas consciências de segurança contra incêndios.

Na sequênciada obtenção da eficácia dos trabalhos de prevenção e controlo da epidemia de Macau, o CB deslocou-se novamente a comunidades para distribuir panfletos informativos, organizar palestras, exercícios práticos sobre o uso do extintor e simulacros de evacuação em conformidade com o cumprimento das instruções e das medidas de prevenção da epidemia, com a finalidade de proceder simultaneamente aos trabalhos de prevenção da epidemia e protecção contra incêndios, continuar a elevar a consciência de segurança contra incêndios e prevenção da epidemia dos cidadãos e criar conjuntamente um ambiente comunitário mais seguro e harmonioso.

O CB realizou, entre 1 de Janeiro e 30 de Junho de 2020 :

  • 21 palestras sobre protecção contra incêndios, prevenção de desastres, conhecimentos sobre emergência médica e segurança dos combustíveis, com a participação de 1.731 indivíduos;
  • 6 exercícios práticos sobre o uso do extintor, com 144 participantes;
  • 345 actividades de sensibilização, foram distribuídos 47.081 panfletos informativos de prevenção contra o fogo, cartazes e guias para a protecção contra incêndios;
  • 23 simulacros de evacuação e de incidentes, com a participação de 3.805 pessoas.

    d. Análise sobre os dados de saída

Entre Janeiro e Junhode 2020, a saída total de incêndio do CB foi de 378 casos, o que teve uma redução de 68 casosem comparação com o período homólogo do ano anterior, cuja diminuição foi de 15,25%, as principais causas da redução estão relacionadas com a diminuição significativa do esquecimento de desligar o fogão face ao mesmo período do ano passado. Depois da análise, os motivos da redução são principalmente : os cidadãos ficaram mais tempo em casa durante o período da prevenção da epidemia e esta Corporação procedeu à difusão deinformações sobre segurança contra incêndios através da plataforma de rede e dos meios da rádio. Aliás, houve 306 casos sem a necessidade de utilizar mangueiras para a realização da extinção do fogo, o que apontou 80,95% do número total da saída de incêndio, cujo número era semelhante ao período homólogo do ano transacto, demonstrando que os moradores têm mantido o elevado grau devigilância sobreo incêndio. A segurança contra incêndios comunitária depende de todos os residentes e do CB, para o efeito, deseja que os cidadãos continuem a coordenar com as nossas tarefas de prevenção contra incêndios no futuro, a fim de tomar medidas preventivas e diminuir o risco de ocorrência de incêndios.

Nos primeiros seis meses de 2020, os casos da saída de ambulância do CB foram de 18.176 casos, o que teve uma redução de 3.426 casos face ao mesmo período do ano transacto, cuja diminuição foi de 15,86%, após a análise, consideraram-se que as causas da diminuição foram causadas pelo impacto da epidemia, pela redução do númerode pessoas quevisitou Macau e pela diminuição significativa dos habitantes de Macau que usaram os serviços de ambulância. Devido que os recursos de ambulância são preciosos e limitados, por isso, o CB apela a todos os cidadãos de Macau para prevenirem a utilização abusiva dos serviços de ambulância e deixarem os recursos de ambulância a cidadãos com necessidades. Ao mesmo tempo, também espera que os condutores consigam ceder a passagem aos veículos de emergência que estejam a executar funções em condições de segurança, para que os bombeiros possam desenvolver ostrabalhos de socorro e emergência médica o mais rápido possível.

e. Dados de inspecção

O CB tem coordenado com as orientações de “conjunção dos trabalhos de combate com as políticas de prevenção”, com o intuito de intensificar a segurança contra incêndios comunitária de Macau e reduzir os riscos e os prejuízos causados pelo incêndio, o CB enviou constantemente pessoal a todas as zonas para proceder às tarefas de inspecção de segurança contra incêndios, no primeiro semestre de 2020, realizou 5.072 inspecções de segurança contra incêndios, das quais o CB efectuou 2.236 inspecções seguras de substâncias perigosas dedicadas a postos de gasolina, armazéns intermediários, reservatórios, estabelecimentos de comidas, veículos que transportam combustíveis e fornecedores de gases combustíveis.

2. Apelos sobre segurança contra incêndios :

a. Por norma previna a epidemia, lave as mãos e use máscara, mantenha distância e evite concentrações, converta o código de saúde nas deslocações transfronteiriças, permaneça na Grande Baía após sair de Macau.

b. Se procederem à consulta sobre os trabalhos de prevenção e controlo da epidemia, por favor liguem para o Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus, através do número de telefone : 28700800.

c.Devido que Macau encontra-se na época de tempestades tropicais, os cidadãos devem armazenar antecipadamente comida e água suficientes e preparar para a protecção contra o vento, caso ascaixilharias das janelas e os suportes fiquem soltos, precisam de pedir ao pessoal qualificado para realizar a manutenção e a conservação.

d. Durante a passagem do tufão, os cidadãos têm de prestar estreita atenção às informações divulgadas pela estação de rádio, televisão e respectivo serviço e evitar deslocar-se às zonas baixas e caves, de modo a prevenir riscos.

d. Quando estão a cozinhar, devem proceder ao tratamento cuidadoso do fogo nu. Se precisarem de sair ou descansar, devem desligar o fogão.

e. Em caso de incêndio, acidente ou incidente, devem informar-nos omais rápido possível em condições de segurança. As linhas de denúncia são : 119, 120 ou 28572222.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar