O cartão de consumo da 2ª fase pode ser, antecipadamente, carregado no prazo entre 27 e 31 de Julho, devendo o saldo do cartão da 1ª fase ser zero

Estão bem preparados todos os postos de atendimento dos locais de carregamento do cartão de consumo

Demonstração do carragamento do cartão de consumo electrónico da segunda fase

Os detentores do cartão de consumo da 1ª fase podem, no período para o carregamento antecipado entre 27 (amanhã) e 31 de Julho, carregá-lo através de toque directamente no equipamento junto dos 190 locais de carregamento, apenas podendo ser carregados os cartões de consumo da 1ª fase com saldo zero.

Chama-se a atenção de que o prazo de utilização do cartão de consumo da 1ª fase terminará no próximo dia 31 de Julho, sendo o saldo remanescente não utilizado neste período reposto nos cofres do Tesouro. O saldo remanescente de todos os cartões da 1ª fase ficará em zero em 1 de Agosto, podendo, a partir daquele dia, ser carregado o cartão nos postos automáticos.

Os residentes que ainda não tenham levantado ou tenham perdido o cartão de consumo podem levantá-lo, a partir de amanhã, num dos postos de serviços indicados.

A Direcção dos Serviços de Economia (DSE) apela aos residentes para não carregar ou levantar o cartão de consumo com urgência. O prazo para levantamento do subsídio de consumo da 2ª fase é de 4 meses e meio (De 27 de Julho a 14 de Dezembro), e o prazo de utilização (De 1 de Agosto a 31 de Dezembro) é de 5 meses.

O carregamento é conveniente e rápido, consulta de saldo no cartão e os locais de carregamento

Não é necessário fazer o registo ou a marcação prévia para o carregamento do cartão de consumo nos postos automáticos, nem a exibição do bilhete de identidade quando carregar o cartão. O procedimento de um carregamento leva cerca de 5 segundos, sendo conveniente e rápido.

I. Consulta do saldo no cartão e os locais de carregamento

1. Para assegurar a ordem na realização do carregamento do cartão de consumo, os residentes podem consultar, antes de carregamento na próxima semana, as informações sobre o saldo no cartão e os locais de carregamento, através da página exclusiva do Plano de subsídio de consumo da DSE (https: / / www.economia.gov.mo / consumo / zh _ TW / index.jsp).

Há um total de 190 locais de carregamento, espalhados por todas as zonas de Macau, incluindo:

(1) Postos de atendimento dos 5 serviços públicos indicados (DSE, Instituto para os Assuntos Municipais, Direcção dos Serviços de Correios e Telecomunicações, Direcção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego e Instituto de Habitação).

(2) Postos de atendimento das 5 associações indicados (União Geral das Associações dos Moradores de Macau, Federação das Associações dos Operários de Macau, Associação Geral das Mulheres de Macau, Aliança de Povo de Instituição de Macau e Associação dos Conterrâneos de Kong Mun de Macau).

(3) Postos de atendimento de 12 bancos e instituições financeiras indicados (Banco da China, Sucursal de Macau, Banco Nacional Ultramarino, Banco Tai Fung, Banco Industrial e Comercial da China (Macau), Banco Luso Internacional, Banco de Construção da China, Sucursal de Macau, Banco Comercial de Macau, Banco OCBC Weng Hang, Banco de Guangfa da China, Sucursal de Macau, Banco Well Link, Banco Chinês de Macau e Caixa Económica Postal).

(4) Postos de atendimento da Macau Pass, S.A. indicados.

2. Os detalhes dos locais de carregamento do cartão de consumo e horário de expediente destes encontram-se disponíveis na página da DSE: (https://www.economia.gov.mo/consumo/zh_TW/recharge_value_loc.jsp)

II. Consulta sobre os requisitos e formas de levantamento

Os residentes podem consultar os requisitos e formas de levantamento na página exclusiva da Autoridade Monetária de Macau: (https://www.amcm.gov.mo/static/consumptionvoucher/terms_zh.html)

Os residentes que não tenham o cartão de consumo ou que tenham perdido o mesmo devem levantar o cartão nos locais de levantamento indicados:

A partir de amanhã, os residentes qualificados que não tenham o cartão de consumo da 1ª fase ou que tenham perdido o mesmo podem, por si próprio ou por seu representante, levantar o cartão de consumo da 2ª fase pré-carregado com 5.000 patacas, munidos do original do bilhete de identidade, nos indicados postos de serviços instalados nos serviços públicos para o levantamento.

O levantamento do novo cartão não necessita da inscrição nem marcação prévia. No entanto, quem tenha perdido o cartão do consumo da 1ª fase, deve fazer a participação de extravio junto do CPSP, e pode levantar, no dia útil seguinte, o cartão da 2ª fase nos postos de serviços.

Locais de levantamento do cartão:

1) Secretaria da DSE (sita na Rua de S. Domingos, nº 1, 1º andar, ou seja, situada próximo da Igreja de S. Domingos no Largo do Senado)

2) Balcão de atendimento de mediadores de seguros da Autoridade Monetária de Macau (no Edifício Tong Hei Koc)

3) Centro de Serviços da RAEM na Areia Preta

4) Centro de Serviços da RAEM das Ilhas

5) Centro de Prestação de Serviços ao Público da Zona Norte - Posto de Fai Chi Kei

6) Centro de Prestação de Serviços ao Público da Zona Central - Posto de S. Lourenço

Além disso, os indivíduos que tenham pedido a emissão, renovação ou substituição do bilhete de identidade podem, aquando do levantamento do seu bilhete de identidade na Direcção dos Serviços de Identificação de Macau, optar por levantar também o seu cartão de consumo da 2ª fase. O Instituto de Acção Social prestará também apoio às pessoas necessitadas para carregamento ou levantamento do cartão.

São ajustados os requisitos de levantamento do cartão de consumo em representação do menor, podendo ser descarregados na página exclusiva os documentos necessários para o efeito do levantamento

Na 2ª fase do Plano, são ajustadas as formas de levantamento efectuado em representação do menor. Além do pai, mãe ou tutor, o levantamento do cartão pode ser efectuado em representação do menor por um parente maior até ao 3.º grau da linha recta ou da linha colateral (avós, tios, tias, etc.).

O pai, mãe ou tutor do menor pode ainda, através da declaração e os respectivos bilhetes de identidade, encarregar um terceiro de efectuar o levantamento do cartão em representação do menor. Os documentos necessários para o levantamento em representação do menor estão disponíveis na página exclusiva do Plano de subsídio de consumo.

Deve ser guardado adequadamente o cartão de consumo após o levantamento

Os destinatários do plano de subsídio de consumo da 2ª fase são os titulares do bilhete de identidade de residente permanente de Macau ou do bilhete de identidade de residente não permanente de Macau, válido ou renovável, sendo atribuído a cada residente qualificado um subsídio de consumo no valor de 5.000 patacas.

Dado que não há emissão de segunda via do cartão de consumo da 2ª fase após o carregamento ou o levantamento do novo cartão, a DSE apelam aos residentes para guardarem adequadamente o seu cartão de consumo. Em caso de extravio, devem informar o Corpo de Polícia de Segurança Pública o mais rápido possível.

Os residentes são bem-vindos a consultar as informações através de diferentes meios

Para mais informações, os residentes podem contactar DSE através das seguintes vias:

  • Telefone e whatsapp: 6326 1676
  • E-mail: consumo@economia.gov.mo
  • Wechat: DSEONLINE
Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar