Inquérito ao emprego referente ao período de Abril a Junho de 2020


Entre Abril e Junho de 2020 a taxa de desemprego foi de 2,5% e a taxa de desemprego dos residentes situou-se em 3,5%, tendo ambas subido 0,1 pontos percentuais, face às do período passado (Março a Maio de 2020). A taxa de subemprego correspondeu a 3,4%, tendo aumentado 0,8 pontos percentuais, informam os Serviços de Estatística e Censos.

No período em análise a população activa totalizou 412.000 pessoas e a taxa de actividade alcançou 70,8%. Salienta-se que a população empregada se fixou em 401.900 pessoas, ou seja, mais 7.300, em comparação com o período precedente, no entanto, o número de residentes empregados atingiu 279.300 pessoas, menos 800.

A população desempregada era composta por 10.100 pessoas, tendo subido ligeiramente 400, em comparação com o período anterior. Destaca-se que de entre a população desempregada à procura de novo emprego, os números de desempregados que trabalharam anteriormente no ramo de actividade económica das lotarias, outros jogos de aposta e actividade de promoção de jogos e no ramo dos restaurantes e similares registaram os crescimentos mais elevados. Além destes, o número de desempregados à procura do primeiro emprego representou 5,5% do total da população desempregada, tendo aumentado 0,4 pontos percentuais.

A população subempregada correspondeu a 13.900 pessoas, tendo aumentado 3.300, em comparação com o período anterior. Salienta-se que a maior parte da população subempregada pertencia aos ramos de actividade económica: das lotarias, outros jogos de aposta e actividade de promoção de jogos; dos transportes e armazenagem; da construção; do comércio a retalho, bem como dos hotéis e similares.

Durante o segundo trimestre de 2020 a taxa de desemprego (2,5%) e a taxa de desemprego dos residentes (3,5%) subiram 0,4 e 0,6 pontos percentuais, respectivamente, em termos trimestrais. A população empregada aumentou 4.500 pessoas, em termos trimestrais, porém, o número de residentes empregados diminuiu 900. Em termos de ramos de actividade económica, o número de empregados da construção (41.000) subiu 4.500 pessoas, em termos trimestrais, enquanto o número de empregados das lotarias, outros jogos de aposta e actividade de promoção de jogos (82.300) desceu 5.200.

No segundo trimestre do corrente ano a mediana do rendimento mensal do emprego da população empregada fixou-se em 15.000 Patacas, menos 1.000, em termos trimestrais. Sublinha-se que as medianas do rendimento mensal do emprego da população empregada no ramo das lotarias, outros jogos de aposta e actividade de promoção de jogos e no ramo da construção foram de 19.800 e 15.000 Patacas, respectivamente. Por seu turno, a mediana do rendimento mensal do emprego dos residentes empregados cifrou-se em 20.000 Patacas, sendo idêntica à do trimestre passado.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar