Houve cerca de 200 mil cartões de consumo que já foram carregados ou levantados com sucesso e todos os postos de serviços funcionaram bem

Todos os postos de serviços funcionam bem e tudo decorre em boa ordem

O subsídio de consumo da 2ª fase começa a ser levantado a partir de ontem (dia 27), sendo que os residentes detentores do cartão de consumo da 1ª fase com saldo zero podem proceder ao carregamento antecipado no período entre 27 e 31 de Julho. Os locais de serviço para carregamento que se instalam nas secretarias dos serviços públicos, sucursais e filiais de bancos e escritórios das associações, funcionaram bem, tudo decorreu em boa ordem, e o carregamento do cartão de consumo por parte dos residentes só levou alguns segundos. Até 18 horas de hoje (dia 28), somaram-se 191.275 cartões de consumo que já foram carregados com sucesso.

Os residentes qualificados que não sejam detentores do cartão de consumo da 1ª fase ou que tenham perdido o mesmo também podem, a partir de ontem, levantar o cartão de consumo da 2ª fase no valor de 5.000 patacas, munidos do bilhete de identidade e dos documentos necessários, num dos 6 postos de serviços instalados nos serviços públicos indicados. Até 18 horas de hoje (dia 28), o número total dos cartões de consumo que já foram levantados atingiu 4.883.

Apenas pode ser carregado antecipadamente o cartão da 1ª fase com saldo zero, e o saldo do cartão pode ser consultado através dos aparelhos para consulta do saldo ou da Internet

A Direcção dos Serviços de Economia (DSE) relembra aos residentes que, no período entre 27 e 31 de Julho, apenas pode ser carregado antecipadamente o cartão de consumo da 1ª fase com saldo zero. O carregamento por si próprio não necessita da inscrição nem marcação prévia, os residentes, aquando do carregamento do cartão através de toque prolongado, não precisam de exibir o seu bilhete de identidade. O carregamento pode ser efectuado pelos próprios residentes ou pelos seus parentes ou amigos em que confiam.

Para assegurar a boa ordem na realização do carregamento, sugere-se aos residentes para consultarem, antes do carregamento, informações sobre o saldo do cartão e locais de serviço para carregamento através da página exclusiva do “Plano de Subsídio de Consumo” da DSE ( https://www.economia.gov.mo/consumo/pt_PT/index.jsp ). Os residentes que já concluíram o carregamento, caso necessitem de consultar o saldo, podem consultar em tempo real o saldo através dos aparelhos para consulta do saldo colocados nos locais de serviço para carregamento instalados nos serviços públicos ou nas associações. Além disso, os residentes também podem consultar o saldo na página exclusiva do “Plano de Subsídio de Consumo”. No entanto, a actualização da informação demora um certo tempo, por isso, há um atraso no sistema online para consulta do saldo.

O prazo de utilização do cartão de consumo da 1ª fase terminará no próximo dia 31 de Julho, sendo o saldo remanescente reposto nos cofres do Tesouro

A primeira fase do “Plano de Subsídio de Consumo”, cujo subsídio é fixado nas 3.000 patacas, terminará no próximo dia 31 de Julho. Os residentes detentores do cartão da 1ª fase com saldo positivo só podem proceder ao carregamento quando o saldo ficar esgotado em 1 de Agosto, sendo o saldo remanescente não utilizado reposto nos cofres do Tesouro.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar