Excursões e ocupação hoteleira referentes a Junho de 2020


Em Junho de 2020 existiam 109 hotéis e pensões abertos ao público, disponibilizando um total de 35.000 quartos de hóspedes, menos 10,6%, face ao mês homólogo do ano anterior. A taxa de ocupação média de quartos de hóspedes (excluindo os destinados à observação médica deste indicador estatístico e dos seguintes) foi de 11,8%, menos 77,6 pontos percentuais, em termos anuais. Realça-se que a taxa de ocupação média de quartos de hóspedes dos hotéis de 5 estrelas (5,8%) decresceu 84,7 pontos percentuais e que a dos hotéis de 2 estrelas (28,9%), bem como a das pensões (35,0%) baixaram 42,9 e 28,2 pontos percentuais, respectivamente, informam os Serviços de Estatística e Censos.

Em Junho deste ano os hotéis e pensões hospedaram 134.000 indivíduos, menos 88,0%, relativamente ao idêntico mês do ano passado. Destaca-se que os números de hóspedes do Interior da China (67.000) e de Hong Kong (11.000) desceram mais de 90%. No entanto, o número de hóspedes locais (53.000) cresceu 4,2%, já que alguns hotéis realizaram promoções de alojamento para residentes. Por seu turno, o período médio de permanência dos hóspedes situou-se em 1,7 noites no mês de Junho, mais 0,3 noites, face ao mês homólogo de 2019.

No primeiro semestre de 2020 a taxa de ocupação média de quartos de hóspedes dos hotéis e pensões foi de 27,2%, tendo diminuído 63,9 pontos percentuais, relativamente ao mesmo semestre do ano anterior. Os hotéis e pensões hospedaram 1.830.000 indivíduos, menos 73,5%, face ao idêntico semestre de 2019, enquanto o período médio de permanência dos hóspedes correspondeu a 1,7 noites, mais 0,2 noites.

Em Junho do corrente ano não se registou nenhum visitante em excursões no Território, devido à manutenção das medidas de quarentena à entrada. O número de residentes que viajaram para o exterior com recurso a serviços de agências de viagens foi de 200. No primeiro semestre de 2020 o número de visitantes em excursões totalizou 253.000, menos 94,9%, face ao semestre homólogo de 2019 e o de residentes que viajaram para o exterior com recurso a serviços de agências de viagens fixou-se em 88.000, menos 90,1%.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar