Sendo o Plano das Lojas com Características Próprias acolhido, mais lojas candidatam-se sucessivamente ao plano, é reforçada a publicidade on-line para receber visitantes

Fotografia de grupo da Subdirectora da DSE, Chan Tze Wai, do Presidente da Federação da Indústria e Comércio de Macau Centro e Sul Distritos, Lei Cheok Kuan, e dos responsáveis das lojas com características próprias recém-admitidas, no Largo do Pagode do Bazar

A Direcção dos Serviços de Economia (DSE) lançou o Plano das Lojas com Características Próprias no início de Julho. Desde o lançamento, o plano é reconhecido e acolhido por parte dos comerciantes participantes, e ainda há lojas que apresentam sucessivamente candidaturas a este plano. Recentemente, a DSE atribuiu, em conjunto com a Federação da Indústria e Comércio de Macau Centro e Sul Distritos, certificados às lojas com características próprias recém-admitidas.

O Plano das Lojas com Características Próprias visa optimizar o ambiente de negócios das PME, impulsionando a elevação da qualidade dos serviços prestados em geral e da imagem de marca, mantendo o estilo característico das lojas, bem como transmitindo este.

Assim, o Governo da RAEM dedica-se à prestação das formações e apoios aos comerciantes, procurando que as PME elevam plenamente o nível da exploração e gestão e a qualidade de produção e dos serviços prestados, numa expectativa de formar uma atmosfera de “vinda incessante dos clientes”, permitir aos clientes sentir-se bem acolhidos e enriquecer o valor de Macau enquanto Centro de Turismo e Lazer Mundial.

Especialmente, sob o impacto provocado pela pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus nos lojistas, são reforçadas publicidades on-line e off-line de natureza específica, no sentido de receber o regresso dos visitantes a Macau, bem como impulsionar a recuperação economia e criar novas oportunidades de negócios.

A primeira fase surtiu os resultados iniciais, as lojas com características possuem as próprias atracções

A primeira fase do plano em causa está implementada na zona da Rua de 5 de Outubro repleta da rica história humana e das lojas com características próprias e estilos peculiares.

O presidente da Federação da Indústria e Comércio de Macau Centro e Sul Distritos, Lei Cheok Kuan, adiantou que muitas PME têm sofrido impactos devido à epidemia, passando, por enquanto, o número de visitantes a Macau a ser recuperado gradualmente, sendo apropriado o lançamento do Plano das Lojas com Características Próprias. O referido plano desempenhou os efeitos de marca e produziu o papel activo na propaganda. Desde o seu lançamento há mais de dois meses, as medidas de apoio estão a ser gradualmente concretizadas, as opiniões dadas pelos comerciantes participantes são positivas em termos gerais, o que reflectiu que este plano tem os resultados iniciais e a capacidade de atracção, havendo, assim, a participação sucessiva dos comerciantes.

Seguidamente, o mesmo presidente apontou que, em conjugação com o “Plano de alargamento das fontes de cliente, revitalização da economia e garantia do emprego”, o Plano das Lojas com Características Próprias reforçou a propaganda realizada tanto por meio on-line como off-line, acreditando que este plano contribuirá para atrair os vistantes a viajarem em Macau e consumirem nas lojas características e suas zonas periferias, e assim para impulsionar a economia comunitária. Com a retomada gradual da emissão de vistos individuais a residentes do Interior da China para a deslocação a Macau e com a aproximação da chegada da semana dourada pelo 1 de Outubro, crê-se que será injectado novo dinamismo nas lojas características e na economia comunitária, havendo, deste modo, a confiança em relação às perspectivas.

“Alargamento das fontes de cliente” produz efeitos complementares, o consumo no bairro contribui para o aumento de oportunidades de negócios

Há lojas reconhecidas recentemente que concordaram com não só os efeitos publicitários positivos trazidos pelo plano em causa, como também o aumento das capacidades de operação e gestão graças às acções de formação proporcionadas através do Plano, essas lojas estão confiantes que, depois de ser reconhecidas como as com características próprias, a sua reputação vai ser maximizada e vão ser aproveitadas as novas oportunidades de negócios quando mais visitantes chegarem a Macau.

Por outro lado, há outras lojas reconhecidas que afirmaram a pressão sobre a sua exploração comercial em consequência da queda drástica contínua do número de visitantes resultante da epidemia, as mesmas acreditam que o Plano pode ajudar, através do modelo de promoção “on-line” e “off-line”, a alargar as fontes de cliente e atrair visitantes e residentes a consumirem nos bairros comunitários, promovendo, assim, a recuperação do volume de negócios.

É dada ajuda aos comerciantes na realização de propaganda na internet, sendo melhorados os serviços prestados para que os clientes tenham uma sensação de boa recepção

Anteriormente, a DSE prestou auxílio às primeiras lojas locais com características próprias para serem visíveis em dianping.com, uma plataforma de consumo da vida quotidiana de renome do Interior da China. Esta plataforma também é a mais utilizada pelos residentes do Interior da China para a obtenção das informações turísticas, visando oferecer aos utilizadores informações das lojas como os comentários feitos após o consumo nas lojas e as ofertas e benefícios disponibilizados.

Com vista a melhor familiarização destes comerciantes com a forma de operação concreta da referida plataforma, a DSE enviou, há alguns dias, pessoal especializado a prestar a formação em prol da maioria dos comerciantes, de modo a lhe instruir como proceder, na referida plataforma, à operação de “backstage”, à gestão dos comentários feitos por clientes, à promoção e divulgação, etc.

Espera-se que, através da referida plataforma, seja prestada ajuda às lojas com características próprias no desenvolvimento da economia de rede e da economia de experiência, sendo que os visitantes podem ter, a qualquer momento, acesso às informações das lojas antes da chegada a Macau, experimentar pessoalmente produtos e serviços de qualidade na sua estadia em Macau, e comentá-los, depois da saída de Macau, na respectiva plataforma, o que fará com que os comentários dos utilizadores possam formar para lojas uma boa reputação e os clientes tenham uma sensação de boa recepção.

A próxima fase do plano será executada na zona das ilhas, o âmbito do plano será ampliado gradualmente para outros bairros comunitários

Será promovido gradualmente o plano em outros bairros comunitários conforme os resultados obtidos, a próxima fase do plano será executada na zona das Ilhas para cultivar cada vez mais as PME e lojas com características próprias e dinamismos.

No futuro, a DSE continuará a reforçar o nível de vendas e de gestão de marcas das PME, bem como elaborar, através da colaboração com o Centro de Produtividade e Transferência de Tecnologia de Macau, um projecto de valorização apropriado para as referidas lojas, com vista a elevar plenamente o nível da gestão de exploração, a qualidade da produção e dos serviços das mesmas.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar