Resultados dos visitantes de Macau durante a semana dourada pelo 1 de Outubro

DST reforça inspecções durante semana dourada pelo 1 de Outubro

Durante os oito dias de feriado da semana dourada pelo 1 de Outubro no Interior da China (de 1 a 8 de Outubro), de acordo com estatísticas preliminares, Macau recebeu mais de 156 mil visitantes, numa descida de 86,0 por cento, em comparação com o número médio diário de visitantes da semana dourada pelo Dia Nacional da China do ano passado.

Perante o impacto a nível mundial da pandemia gerada pela pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus, Macau recebeu um total de 156 mil visitantes durante a semana dourada, a maioria dos que veio do Interior da China, registou 145 mil visitantes, representando 93,1 por cento do número total. O número médio diário de visitantes registou uma descida de 84,0 por cento em termos anuais. Quanto aos visitantes de Hong Kong e da região de Taiwan, devido às medidas de prevenção epidémica, entre outras relacionadas, registaram-se apenas 9.614 e 1.231 visitantes, respectivamente. O mercado internacional registou apenas 13 visitantes.

Apesar da influência das medidas de prevenção contra a pandemia, a par com a vontade de viajar dos visitantes, entre outros factores, com a situação epidémica no Interior da China e Macau basicamente estável, aliada à divulgação activa da Direcção dos Serviços de Turismo (DST) da retoma da emissão de documentos de viagem turísticos a residentes do Interior da China para deslocação a Macau, e de que Macau é uma cidade segura e conveniente para viajar, o número de visitantes do Interior da China que entraram em Macau tem aumentado gradualmente nos últimos meses. Do número médio diário de perto de 6 mil visitantes na primeira semana da retoma da emissão de vistos de turismo com destino a Macau para os residentes do Interior da China, verificou-se uma subida para perto de 20 mil visitantes durante a semana dourada pelo 1 de Outubro.

2019

2020

Taxa de variação da média diária *

Número de entradas de visitantes durante a semana dourada pelo 1 de Outubro

974.337

156.300

-86.0%

* Taxa de variação da média diária: Devido à diferença do número de dias de feriados nas semanas douradas dos anos 2020 e 2019 (oito dias em 2020 e sete dias em 2019), não é possível fazer uma comparação directa. Portanto, a taxa de variação é comparada com a média dos dias da semana dourada pelo 1 de Outubro em 2019 e 2020.

Descida na taxa média de ocupação hoteleira

Conforme dados fornecidos pelos operadores hoteleiros, no período da semana dourada, os estabelecimentos hoteleiros (hotéis e pensões) registaram uma taxa média de ocupação diária na ordem dos 43,6 por cento, marcando uma descida de 50,4 pontos percentuais em comparação com o mesmo período no ano passado. Macau conta actualmente um total de 42.441 quartos de hotéis e pensões em actividade.

De acordo com os dados fornecidos pelos operadores do sector hoteleiro, a taxa média de ocupação registada pelos hotéis de cinco estrelas foi de 43,2 por cento, uma descida de 52,0 pontos percentuais, dos hotéis de quatro estrelas 45,2 por cento, menos 47,4 pontos percentuais, dos hotéis de três estrelas 51,9 por cento, menos 42,8 pontos percentuais, dos hotéis de duas estrelas 21,4 por cento, menos 61,0 pontos percentuais, e das pensões 23,9 por cento, numa descida de 51,7 pontos percentuais.

Estabelecimentos hoteleiros

Taxa de ocupação

Variação em pontos percentuais

5 estrelas

43,2%

-52,0

4 estrelas

45,2%

-47,4

3 estrelas

51,9%

-42,8

2 estrelas

21,4%

-61,0

Pensões

23,9%

-51,7

Descida no preço médio por quarto dos estabelecimentos hoteleiros

Durante a semana dourada, o preço médio por quarto dos estabelecimentos hoteleiros (hotéis e pensões) foi de cerca de 1.290,5 patacas, registando uma descida de 30,0 por cento. O preço médio por quarto dos hotéis de cinco estrelas foi de cerca de 1.634 patacas, menos 26,9 por cento, dos hotéis de quatro estrelas cerca de 605,2 patacas, menos 49,4 por cento, dos hotéis de três estrelas cerca de 821,6 patacas, menos 32,2 por cento, dos hotéis de duas estrelas foi de cerca de 285,7 patacas, menos 69,7 por cento, e das pensões foi de cerca de 240,3 patacas, numa descida de 65,7 por cento.

Estabelecimentos hoteleiros

Preço por quarto

Taxa de variação

5 estrelas

MOP 1.634

-26,9%

4 estrelas

MOP 605.2

-49,4%

3 estrelas

MOP 821.6

-32,2%

2 estrelas

MOP 285.7

-69,7%

Pensões

MOP 240.3

-65,7%

Trabalhos de divulgação sobre a prevenção da pandemia

Durante a semana dourada, a DST divulgou através de diferentes canais várias informações sobre a pandemia junto dos visitantes de Macau, incluindo: “Dicas para os visitantes do Interior da China em Macau” nos ecrãs do átrio de entrada do posto fronteiriço de Gongbei; orientações de prevenção na página electrónica da DST; informações de prevenção da pandemia nos balcões de Informações Turísticas da DST nos diversos postos fronteiriços; apelos de prevenção da pandemia nos contactos oficiais do WeChat e no Weibo. Ao mesmo tempo, foi feita infografia de “Dicas para os Visitantes do Interior da China em Macau” e impressos panfletos para serem distribuídos nos balcões de Informações Turísticas da DST, tendo-se apelado aos estabelecimentos hoteleiros para apoiar na divulgação.

Reforço no trabalho de inspecção

No período da semanada dourada, a DST reforçou as inspecções nos principais pontos de atracção turística, postos fronteiriços e diferentes zonas da cidade, bem como continuou a combater, em conjunto com o Corpo da Polícia de Segurança Pública (CPSP), a prestação ilegal de alojamento, e manteve inspectores em regime de retenção 24 horas. A Linha Aberta para o Turismo, (853) 2833 3000, manteve-se em funcionamento 24 horas.

A DST realizou 22 acções de inspecção nos postos fronteiriços e pontos de atracção turística durante o período de 1 a 8 de Outubro. No decorrer das acções, não foi detectado qualquer acto ilícito.

Em conjunto com o CPSP, a DST realizou uma inspecção conjunta a fracções autónomas suspeitas de prestação ilegal de alojamento, não tendo detectado nenhuma fracção suspeita de prestação ilegal de alojamento.

A DST recebeu cinco queixas de visitantes durante a semana dourada pelo 1 de Outubro, envolvendo serviços hoteleiros, reserva de quartos e medidas de prevenção da pandemia.

A DST irá continuar a divulgar junto dos visitantes a plataforma electrónica “Vamos! Macau!”. Simultaneamente, o Governo da Região Administrativa de Macau, em conjunto com a Tencent, Alibaba, Trip.com, UnionPay International e a Air Macau estão a cooperar na divulgação de informações promocionais e oferta de descontos, com o objectivo de atrair visitantes para a cidade, estimular o consumo turístico e prolongar o tempo de permanência, na perspectiva de impulsionar todos os sectores da economia.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar