Impulso acelerado à cooperação industrial multifacetada entre Guangzhou e Macau

A Reunião do Grupo de Trabalho Específico para a Cooperação Guangzhou - Macau 2020 teve lugar em Macau.

A Reunião do Grupo de Trabalho Específico para a Cooperação Guangzhou - Macau 2020 teve lugar hoje, dia 12, na Sala Lótus do World Trade Center de Macau, com a participação das delegações governamentais dos dois territórios, lideradas respectivamente pelo Secretário para a Economia e Finanças, Lei Wai Nong, pela parte de Macau, e o Vice-Governador do Governo Municipal Popular de Guangzhou, Hu Hong, pela parte de Guangzhou. O Secretário Lei Wai Nong disse que Macau irá aproveitar as oportunidades derivadas da nova conjuntura de desenvolvimento nacional caracterizada pelo “duplo ciclo”, promovendo, em conjunto com Guangzhou, a construção da Grande Baía Guangdong - Hong Kong - Macau e maximizando o mecanismo de cooperação entre os dois territórios para fortalecer a parceria bilateral na área industrial e o respectivo desenvolvimento em todas as vertentes.

Na reunião, os representantes de ambas as partes fizeram uma retrospectiva e um balanço sobre os trabalhos desenvolvidos nos últimos anos no âmbito da cooperação Guangzhou - Macau, tendo ainda partilhado ideias quanto ao fomento conjunto da construção da Grande Baía, ao reforço da cooperação bilateral nos domínios económico e comercial, financeiro, da medicina tradicional chinesa, da ciência e tecnologia, da educação, da inovação e empreendedorismo juvenil, da cultura e do turismo, entre outros.

O Secretário para a Economia e Finanças, nas suas observações finais, sublinhou que são vastas as perspectivas de cooperação entre Guangzhou e Macau, pelo que serão envidados ininterruptamente esforços para acumular experiências e aperfeiçoar e aprofundar os trabalhos de parceria bilateral, o que, para além de poder responder às necessidades do desenvolvimento dos dois territórios, constituirá indubitavelmente uma importante força motriz para o desenvolvimento da Grande Baía.

Para reforçar a cooperação entre Guangzhou e Macau, foram propostas, na reunião, linhas de trabalho sobre os seguintes quatro aspectos:

1. Valorização do mecanismo de cooperação Guangzhou - Macau, implementando mais eficientemente os projectos integrados de planificação de excelência, que são benéficos não apenas para o fluxo, com maior conveniência, dos factores de recursos dos dois territórios, mas também para a cooperação bilateral em todas as áreas, no sentido de acelerar o desenvolvimento de cooperação entre ambas as partes.

2. Aprofundamento da cooperação industrial entre Guangzhou e Macau em diversas vertentes, aproveitando as oportunidades derivadas da nova conjuntura de desenvolvimento nacional caracterizada pelo “duplo ciclo”. Ambas as partes irão fomentar em conjunto o desenvolvimento do sector de convenções e exposições, através de "uma conferência, dois locais" e "uma exposição, dois locais", empenhando-se em criar, na Grande Baía, exposições abertas ao exterior, de marcas de alta qualidade. Irão criar, conjuntamente, condições favoráveis ​​para encorajar sociedades de locação financeira e instituições financeiras de Guangzhou a abrir filiais ou escritórios em Macau, e permitir que as empresas elegíveis de Guangzhou emitam obrigações ou obtenham financiamento em Macau, bem como intensificar a formação de quadros qualificados do sector financeiro, além de promover o intercâmbio bilateral neste sector. Tomando como suporte o Parque Industrial de Cooperação Guangdong – Macau, em Hengqin, serão encorajadas mais empresas farmacêuticas de renome de Guangzhou a instalarem as suas filiais em Macau e a reforçarem a cooperação com Macau na investigação e desenvolvimento de produtos e na expansão de negócios.

3. Promoção contínua da cooperação nos domínios de ciência, educação, cultura, turismo e de vida da população, explorando activamente novas áreas de cooperação. A fim de acelerar a formação de um centro internacional de inovação científica e tecnológica na Grande Baía Guangdong - Hong Kong - Macau, o Governo da RAEM irá promover a interconexão entre as potenciais empresas de inovação científica e tecnológica de Macau e as empresas de destaque de Guangzhou, com vista ao desenvolvimento económico liderado pela inovação científica e tecnológica.

4. Reforço da cooperação entre os jovens de Guangzhou e Macau nas áreas da inovação e empreendedorismo, promovendo a partilha dos proveitos trazidos pelo desenvolvimento da Grande Baía por parte dos jovens das duas cidades e aumentando o seu sentimento de unidade nacional. Os governos dos dois territórios irão prestar apoio mais adequado aos jovens dos dois lados, nomeadamente na cooperação entre os jovens e na incubação de projectos de inovação juvenil.

Após a reunião, foi celebrado um memorando de cooperação entre a Universidade de Macau e a Universidade de Guangzhou.

A reunião contou ainda com a presençada Directora-geral Adjunta do Departamento dos Assuntos Económicos do Gabinete de Ligação do Governo Central da República Popular da China (RPC) na RAEM, Zhang Jianhua, do Director Adjunto do Gabinete para os Assuntos de Hong Kong e Macau do Governo Popular da Província de Guangdong, Huang Duanlian, e de representantes de serviços públicos dos dois territórios, provenientes de diferentes áreas, designadamente nos domínios económico, comercial, financeiro, turístico, educacional, e de assuntos municipais e laborais, entre outros.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar