Macau e Huizhou com grandes potências de cooperação no estudo da ciência e nas indústrias

Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, reúne-se com o secretário do Comité do Partido Comunista da cidade Huizhou e presidente do Comité Permanente da Assembleia Popular de Huizhou, Li Yiwei.

O Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, acompanhado da delegação oficial da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), reuniu, no dia 10 de Janeiro, com o secretário do Comité do Partido Comunista da cidade Huizhou e presidente do Comité Permanente da Assembleia Popular de Huizhou, Li Yiwei, para troca de opiniões sobre o reforço ao desenvolvimento das indústrias e a cooperação na área da ciência e das tecnologias inovadoras, No futuro as duas regiões podem colaborar e tornar os resultados dos estudos científicos em indústrias, assim como, aproveitar a oportunidade de participar e promover, em conjunto, na construção da Grande Baía Guangdong, Hong Kong, Macau.

O Chefe do Executivo, ao terminar a sua visita na cidade de Dongguan, deslocou-se à cidade de Huizhou, onde visitou uma empresa tecnológica local de fabrico de semicondutores, com sede instalada na cidade, reunindo depois com o secretário do Comité do Partido Comunista da cidade Huizhou e presidente do Comité Permanente da Assembleia Popular de Huizhou, Li Yiwei.

No encontro, o Chefe do Executivo elogiou Huizhou afirmando que é uma das cidades da província de Guangdong mais avançada no desenvolvimento do sector industrial, com uma rica experiência e um forte suporte de fabricação e de cadeia de produção. Frisou também que, com os quatro laboratórios de referência do Estado das instituições de ensino superior, nomeadamente, nas áreas da medicina tradicional chinesa, das tecnologias de microelectrónica, de engenharia aeroespacial e de cidade inteligente, Macau tem uma elevada capacidade de estudo e investigação, apesar existem-se falta de empresas de produção. Neste sentido, acrescentou que, Macau e Huizhou podem complementar as suas vantagens e aprofundar a cooperação nesta área transformando, em conjunto, os resultados laboratoriais em produtos para serem lançados no mercado.

O mesmo responsável agradeceu ainda o apoio de Huizhou, durante o período epidémico, apontando que, com um controlo e prevenção eficaz, Macau é presentemente uma cidade segura com um longo período sem surgimento de novos casos. A epidemia trouxe grandes impactos à RAEM e o governo está a proceder determinados ajustamentos na estrutura industrial de Macau, por forma, a apoiar a recuperação da sociedade e da economia local para assim permitir um longo desenvolvimento do território. O governo está igualmente empenhado em impulsionar a diversificação das indústrias, especialmente, na área da saúde, finanças e ciência e tecnologias.

Por sua vez, Li Yiwei deu as boas vindas ao Chefe do Executivo e à delegação por si liderada, e fez uma breve apresentação sobre a situação, dos últimos anos e do futuro planeamento da cidade. Actualmente, Huizhou procura acelerar no desenvolvimento de novo material de energia petroquímica, informação digital e saúde, esperando formar uma cadeia de valor industrial, potenciar a aglomeração de vantagens, diminuir os custos de produção das empresas e aumentar a atracção de empresas estrangeiras na criação de linhas de produção.

O mesmo responsável apontou ainda que, Macau dedica-se fundamentalmente à medicina tradicional chinesa, microelectrónica e engenharia aeroespacial, as quais, estão relacionados com o desenvolvimento industrial de Huizhou. Referiu que, daqui em diante, espera ver as duas regiões a cooperarem mais a nível técnico, assim como, a criarem plataformas de cooperação para as empresas e instituições de ambas as partes. A par disso, Huizhou é um território extenso e parte dos terrenos que, inicialmente cultivavam produtos agrícolas tradicionais, tais como, o arroz e vegetais, foram transformados em espaços de cultivo de plantas a serem usadas na medicina tradicional chinesa. Assim, deseja que Huizhou e Macau possam alargar a cooperação até à indústria da medicina tradicional chinesa, fortalecendo o intercâmbio mútuo não só de recursos humanos como também a nível técnico.

Estiveram presentes no encontro, o secretário para a Economia e Finanças, Lei Wai Nong, a chefe do Gabinete do Chefe do Executivo, Hoi Lai Fong, a directora dos Serviços de Turismo, Helena de Senna Fernandes, o director dos Serviços de Economia, Tai Kin Ip, o presidente do Conselho de Administração do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, Lau Wai Meng, a coordenadora do Gabinete de Protocolo, Relações Públicas e Assuntos Externos, Lei Ut Mui, e a directora do Gabinete de Comunicação Social, Inês Chan. Estiveram igualmente presentes o membro do comité permanente e chefe do Departamento da Frente Unida do PCC da cidade de Huizhou, Wang Kaizhou, a vice secretária-geral do Comité Municipal, Feng Xueyan, o subchefe do Departamento da Frente Unida do PCC da cidade de Huizhou e director dos Serviços dos Assuntos de Taiwan, Hong Kong e Macau da cidade de Huizhou, Wu Shaozhong, e subdirector executivo do Gabinete da Grande Baía da cidade, Xu Huoqiang. Contou ainda com a comparência do director do gabinete para os assuntos de Hong Kong e Macau da província de Guangdong, Li Huanchun.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar