DSAL convidou representantes da Associação de Comércio – Electrónico de Macau para partilhar com os jovens as perspectivas do sector e a mentalidade profissional

DSAL convidou representantes da Associação de Comércio - Electrónico de Macau para partilhar com os jovens as perspectivas do sector e a mentalidade profissional

A Direcção dos Serviços para os Assuntos Laborais (DSAL), em cooperação com a “Beijing ByteDance Technology Co. Ltd.” (adiante designada por “ByteDance”), lançou o “Plano de Estágio na ByteDance para Jovens de Macau no Interior da China” (adiante designado por “Plano”). Para que os jovens interessados em integrar no sector da tecnologia de Internet possam conhecer o Plano e as perspectivas de desenvolvimento deste sector, a DSAL realizou hoje (dia 9) uma conferência para lançamento e compartilhamento do Plano no Centro de Incubação de Negócios para os Jovens de Macau, tendo em conta ao número limitado de vagas e ao esgotamento de todas as vagas, assim foi também transmitido em directo o evento ao vivo.

Os destinatários do estágio devem ser jovens residentes de Macau que completaram o curso de ensino superior no ano de 2019 ou 2020. Os jovens interessados podem, entre 9 e 28 de Fevereiro de 2021, aceder à página electrónica da DSAL para proceder a inscrição online. Posteriormente, a DSAL vai analisar os documentos e dados de candidatura para proceder à selecção dos candidatos que satisfaçam os requisitos do posto de trabalho para a admissão à fase de entrevista, e a “ByteDance” que encarregue nos trabalhos de entrevista, vai seleccionar os candidatos admitidos elegíveis, prevendo que os trabalhos de selecção irão ser concluídos dentro do Março e os resultados relevantes irão ser anunciados no início de Abril. O candidato admitido ao estágio pode receber um subsídio de subsistência atribuído pelas coorganizadoras e um subsídio de transporte atribuído pela DSAL, e para mais informações, consulte o regulamento online ( https://www.dsal.gov.mo/zh_tw/standard/employment_recruitment_intern_plan1.html ).

A “Internet Plus” significa a adopção da economia de informação como o modelo económico dominante para reformar o modo de produção e trabalho na sociedade e o estilo de vida, nomeadamente a inserção da “Internet Plus” nas indústrias tradicionais, isto levará a inovação económica para impulsionar o seu desenvolvimento. Nos últimos anos, pelo impulsionamento da nova economia da “Internet Plus”, o Interior da China tem registado um aumento significativo nos pontos de crescimento da economia. Para que os jovens conheçam a situação do desenvolvimento da nova economia da “Internet Plus”, foram convidados os representantes da Associação de Comércio - Electrónico de Macau, Sr. Pat Chi Kin e Sr. Lo Kit Son, para partilhar a partir do ponto de vista do sector as actuais oportunidades e os desafios no desenvolvimento das “actividades de comércio electrónico” e do “comércio electrónico transfronteiriço” em Macau, o papel desempenhado pelo “influenciador digital” no desenvolvimento do comércio electrónico, a forma de utilização de informação para obter lucro e demais matérias, para a interacção com os jovens presentes. Além disso, os dois convidados salientaram que, pelo desenvolvimento acelerado do sector da tecnologia da Internet, os jovens devem estar preparados na sua mentalidade e a qualquer tempo para a rápida iteração da tecnologia. Exortaram também aos jovens para que, se tiverem oportunidade de participar no Plano, não só poderão alargar a sua visão durante a aprendizagem no trabalho, como também adquirirão experiência sobre a situação do desenvolvimento no Interior da China, particularmente a vida cultural e a tendência do consumo.

A DSAL está muito atenta ao emprego dos jovens, e no futuro, irá lançar vários planos para ajudar os jovens a se prepararem para o emprego, continuando a cooperar com as grandes empresas locais de lazer e construção civil, os serviços públicos e as instituições financeiras para organizar planos de estágio para os recém-graduados das instituições do ensino superior. Para incentivar os jovens de Macau a integrarem-se no desenvolvimento nacional global, a DSAL vai procurar mais oportunidades de estágio no Interior da China através de acordos de cooperação sobre o estágio, promovendo aos jovens o desenvolvimento da empregabilidade para expandir o espaço de desenvolvimento do emprego e reservando quadros qualificados para as indústrias emergentes.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar