Projecto da Linha de Hengqin terá início em breve

EXTENSÃO DA LINHA DO METRO LIGEIRO NA ILHA DE HENGQIN

No intuito de implementar as «Linhas Gerais do Planeamento para o Desenvolvimento da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau», melhorar a ligação de transporte urbano e ferroviário entre Macau e as cidades da China, acelerar a interligação de infra-estruturas, criar um ambiente de deslocação com passagem transfronteiriço mais conveniente e confortável, atingindo o objectivo de Macau integrar com o Metro Ligeiro no perímetro de uma hora de vida de Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, o Governo da Região Administrativa de Macau (RAEM) irá envidar esforços para promover a construção da Linha de Hengqin do Metro Ligeiro.

A estrutura principal da Linha Hengqin, com um comprimento total de cerca de 2,2 quilómetros e o troço em túnel de cerca de 900 metros, será composta por um viaduto, um túnel subaquático e duas estações, sendo uma estação elevada HE1 situada junto da Ponte Flor de Lótus, e outra estação subterrânea HE2 localizada no Posto Fronteiriço Hengqin. Começando pela estação elevada HE1, a Linha Hengqin irá circular, em direcção da Ponte Flor de Lótus ao Posto Fronteiriço de Hengqin, por um túnel subaquático que atravessará a zona de Shizimen, até à estação subterrânea HE2 no Posto Fronteiriço Hengqin, na ilha de Hengqin.

Dado que se trata do projecto de infra-estruturas fronteiriças entre Macau e Zhuhai, o Governo da RAEM irá, por meio de cooperação, encarregar Nam Kwong União Comercial e Industrial, Limitada para a sua construção. O investimento global na obra de construção será de cerca de 3 500 milhões de patacas, incluindo a concepção, o desvio de canalizações, o melhoramento de solos, a construção de túnel subaquático escavados por tuneladora, a construção de viaduto e das duas estações, entre outras construções civis. Vai-se proceder, posteriormente, aos trâmites relativos à adjudicação do sistema e material circulante,visando a conclusão do projecto e a sua operação experimental dentro de 4 anos.

Com objectivo de aproveitar de forma racionalizada o terreno onde se localiza actualmente o Posto Fronteiriço Hengqin, o Governo da RAEM irá reforçar a passagem de correspondência entre o Metro Ligeiro e os autocarros mediante um plano geral em articulação com a construção das estações do Metro Ligeiro, prosseguindo o princípio de uso intensivo e complexo dos terrenos para diversificar o uso dos mesmos, construindo desta forma um edifício multifuncional com correspondência e característica de acesso.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar