Residente regressado a Macau apresenta anomalia no teste serológico de COVID-19


O Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus informa que quarta-feira (dia 24) um residente de Macau partiu das Filipinas com destino a Macau, tendo evidenciado anomalias no resultado do teste de anticorpos contra a COVID-19.

Este indivíduo, sexo masculino, 29 anos de idade, residente de Macau, trabalha permanentemente nas Filipinas e no dia 24 de Março partiu de Manila ( Filipinas) com destino Macau, via Tóquio e Taipei tendo chegado no mesmo dia ao Aeroporto Internacional de Macau.

Após a chegada este individuo foi sujeito a teste de ácido nucleico do COVID-19 cujo resultado foi negativo e no teste de anticorpos houve registo de valores anormais contra a COVID-19.

Este indivíduo não manifesta qualquer indisposição e declarou que não administrou a vacina contra a COVID-19, mas não confirmou se tinha sido anteriormente infectado.

Para salvaguarda os Serviços de Saúde enviaram este indivíduo para observação médica no Centro Clínico de Saúde Pública de Coloane, bem será realizado novo teste de ácido nucleico e o teste serológico de COVID-19.

Considerando que pandemia da COVID-19 é ainda grave em diversos países e como já surgiram variantes altamente contagiosas, com risco da infecção mais elevado e tendo em conta relatos de casos confirmados com os resultados negativos em testes de ácido nucleico, de modo a reduzir, ainda mais, os riscos de saúde pública para a família e a comunidade, que possam ser causados por pessoas que regressem a Macau e antes que deixem o hotel designado para a observação médica, o Centro de Coordenação de Contingência decidiu que, além da realização do teste de ácido nucleico, os indivíduos que regressem a Macau devem ser submetidos a teste de anticorpos contra a COVID-19 para determinar o seu estado geral de infecção.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar