Realização da reunião plenária do Conselho de Juventude

Realização da reunião plenária do Conselho de Juventude

O Conselho de Juventude realizou a sua primeira reunião plenária de 2021, no dia 30 de Março, no Salão de Conferências Confúcio, 1.º andar do edifício-sede da Direcção dos Serviços de Educação e de Desenvolvimento da Juventude (DSEDJ). Durante a reunião, presidida pelo Vice-Presidente deste Conselho, o Director da DSEDJ, Lou Pak Sang, foram discutidos os pontos: situação dos trabalhos da candidatura aos “Prémios de Juventude de 2020”, aplicações de telemóvel utilizadas com maior frequência pelos jovens para conhecerem amigos, cultura de Internet e situação actual de serviços, breve apresentação sobre a situação dos trabalhos realizados pelo “Grupo de trabalho para o acompanhamento da saúde mental e física dos jovens – Transportar o amor”, entre outros assuntos. Foram também ouvidas as opiniões e sugestões dos seus vogais.

A reunião iniciou-se com a apresentação da situação dos trabalhos da candidatura aos “Prémios de Juventude de 2020” pelo Chefe da Divisão de Desenvolvimento de Jovens, Luís Gomes. A respectiva fase de candidaturas terminou em Fevereiro deste ano, tendo sido recebidas, no total, sete candidaturas ao “Prémio Actividades Juvenis”, cinco ao “Prémio Educação Cívica” e uma ao “Prémio Serviço Juvenis”. O Conselho de Juventude constituiu uma comissão especializada para a apreciação das candidaturas de 2020, que irá efectuar os respectivos trabalhos de apreciação.

De seguida, o Director dos Serviços, Lee Kwok Hoo, a Coordenadora, Un Lai Mui e a Assistente Social, Iao Meng Lei, do Gabinete Coordenador dos Serviços Sociais Sheng Kung Hui, entidade que é vogal do Conselho de Juventude, partilharam o seu conhecimento, resultante dos seus trabalhos práticos sobre a tendência de utilização de telemóveis inteligentes pelos jovens de hoje em dia, e discutiram e trocaram opiniões com os vogais sobre a promoção do desenvolvimento da saúde física e mental dos jovens. Os vogais manifestaram que prestavam muita atenção ao desenvolvimento de saúde mental e física dos jovens e esperavam reunir as forças dos diversos sectores sociais, no sentido de, em conjunto, transmitirem carinho e apoio ao crescimento saudável físico e mental dos jovens.

Posteriormente, o Chefe do Departamento do Ensino Não Superior, Wong Ka Ki apresentou os trabalhos relativos ao “Grupo de trabalho para o acompanhamento da saúde mental e física dos jovens – Transportar o amor”. O Governo da RAEM criou este grupo de trabalho em Janeiro de 2021, com a participação ampla de toda a sociedade, de modo a alcançar um mecanismo de colaboração conjunta na prevenção, controlo e actuação, para prestar um apoio conjunto ao desenvolvimento espiritual e à saúde física e mental dos jovens, ao nível do ambiente familiar, dos meios de comunicação na Internet, das relações interpessoais e da aprendizagem da vida, entre outros. As medidas concretas a implementar são: desenvolver e recolher todos os recursos educativos destinados aos pais, intensificando a função da educação parental; integrar o valor temático da educação para a vida no planeamento da escola e no ensino em sala de aula; aperfeiçoar as orientações relativas ao trabalho escolar e à avaliação; optimizar o mecanismo de cooperação com os serviços competentes, as associações educativas, as organizações civis e as escolas; reforçar o papel dos docentes e agentes de aconselhamento aos alunos no acompanhamento do crescimento dos jovens; proceder ao encaminhamento directo para prestar apoio em tempo oportuno, através de um “canal verde” disponibilizado pelos Serviços de Saúde; reforçar a divulgação da “Linha Aberta da Esperança de Vida da Cáritas” e do serviço de aconselhamento online aos jovens; reforçar a rede de protecção do serviço comunitário interdepartamental, entre outros, para que toda a sociedade possa desempenhar bem o papel de “defensora da vida”.

Por fim, a Adjunta do Comandante-Geral dos Serviços de Polícia Unitários (SPU), Lao Wan Seong apresentou outros assuntos, entre eles, o recrutamento público de voluntários da protecção civil. Referiu que os SPU realizaram o referido recrutamento entre 29 de Março e 27 de Abril de 2021, com 80 vagas destinadas aos residentes de Macau, entre os 18 e os 55 anos, interessados em apoiar os trabalhos no âmbito da protecção civil, nomeadamente em acções de sensibilização e de educação cívica, assistência e restabelecimento pós-incidentes. Os candidatos admitidos necessitam de frequentar um curso de formação, sendo atribuída a qualidade de voluntários aos requerentes aprovados nas provas de avaliação. Os interessados podem aceder ao website dos SPU (https://www.spu.gov.mo), para consultar o programa de recrutamento.

A reunião contou ainda com a presença dos vogais Lao Wan Seong, Lau Cho Un, Chan Un Tong, Hoi Va Pou, Kong Chi Meng, Chan Chi Ieong, Cheong Hok Sam, Luciano Conceição Gonçalves, U Seng, Sam Iat Kuong, Tang Man Kei, Tang Chi Kuan, Choi Si Wai, Wong Ka Neng, Ho Hon Fai, Choi Hang Kit, Chan Ka Ip, Wan Sze Kin, Ip Kam Po, Chio Chu Cheng, Choi Man Cheng Angelo, Ha Chon Ieng, Lao Chin Soi, Leong Chon Kit, Chan Peng Peng, Chui Calvin Tin Lop, Chan Man Ko, Au Chi Kun, Wong Kai Leong.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar