Concluída a obra de construção da travessia pedonal ao longo da Avenida de Guimarães

A obra de construção da travessia pedonal ao longo da Avenida de Guimarães ficou concluída e a vistoria provisória está a decorrer

No intuito de haver uma articulação com a política do trânsito e transportes terrestres do Governo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) e as necessidades dos diversos bairros das ilhas, o Governo da RAEM iniciou a “Obra de construção da travessia pedonal ao longo da Avenida de Guimarães na Taipa”, a fim de melhorar o ambiente e os equipamentos pedonais. A obra consiste na construção de uma passagem superior para peões ao longo da Avenida de Guimarães, com vista a criar um ambiente pedonal seguro e sem barreiras arquitectónicas para os residentes da zona com a separação devida entre o trânsito rodoviário e o trânsito pedonal. Esta obra ficou concluída no início deste mês e a vistoria provisória iniciou-se recentemente, sendo aberta ao público depois de concluídos os devidos procedimentos administrativos.

A “Travessia pedonal ao longo da Avenida de Guimarães” é um sistema pedonal importante das ilhas a par do sistema pedonal existente entre o Jardim do Lago e as Vivendas do Carmo na Taipa e do miradouro da Colina da Taipa Pequena. Esta travessia foi construída ao longo da Avenida de Guimarães e tem um comprimento total de 700m, sendo a altura da estrutura principal de 10,6m e a largura de 4,5m. Esta travessia pedonal atravessa a Rua de Nam Keng, a Rua de Coimbra, a Rua de Seng Tou, a Rua de Bragança e a Rotunda do Estádio, fazendo a ligação à estação “Estádio” do metro ligeiro através da Avenida do Estádio. Para além disso, os quatro acessos da travessia pedonal estão equipados com escadas e elevadores / escadas rolantes.

A obra de construção da “Travessia pedonal” ficou concluída no início deste mês, dependendo a abertura ao público da decisão da entidade gestora depois de realizada a vistoria. Esta travessia visa facilitar a mobilidade dos residentes da zona com a separação devida entre o trânsito rodoviário e o trânsito pedonal e no futuro poderão através desta “Travessia pedonal” alcançar os edifícios habitacionais, os equipamentos sociais, os jardins, as escolas, as instalações desportivas, a estação do metro ligeiro, etc., localizados ao longo da Avenida de Guimarães e nas suas imediações, podendo ainda alcançar a Vila da Taipa e a zona do COTAI de forma mais acessível e segura.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar