Movimento de visitantes referente a Junho de 2021


Em Junho do corrente ano chegaram a Macau 528.519 visitantes, tendo aumentado 2.243,1%, em termos anuais. Contudo, este número diminuiu 39,0%, face a Maio de 2021, dado que no início de Junho a província de Guangdong e Macau reforçaram as medidas de prevenção e controlo da pandemia. Refira-se que os números de excursionistas (313.441) e de turistas (215.078) desceram 20,1% e 54,6%, respectivamente, em termos mensais. O período médio de permanência dos visitantes situou-se em 1,2 dias, menos 0,2 dias, em termos anuais. Salienta-se que o período médio de permanência dos turistas (2,9 dias) decresceu 2,7 dias e que o dos excursionistas (0,1 dias) se manteve, informam os Serviços de Estatística e Censos.

Em termos de origens de visitantes, o número de visitantes do Interior da China fixou-se em 471.935, aumentando 2.140,2%, em termos anuais. Daqueles visitantes 120.604 tinham visto individual. Realça-se que o número de visitantes oriundos das nove cidades do Delta do Rio das Pérolas da Grande Baía totalizou 246.673, dos quais 70,0% eram originários de Zhuhai. Os números de visitantes de Hong Kong e de Taiwan corresponderam a 52.296 e 4.213, respectivamente.

Quanto à via de entrada em Macau, chegaram por via terrestre 449.776 visitantes (+1.904,1%, em termos anuais) no mês de Junho, dos quais 395.028 (87,8% do total) entraram pelas Portas do Cerco. Por via aérea e por via marítima, chegaram 69.390 e 9.353 visitantes, respectivamente.

No primeiro semestre deste ano chegaram a Macau 3.927.829 visitantes, mais 20,2%, face ao semestre homólogo do ano transacto. Destaca-se que os números de turistas (2.058.657) e de excursionistas (1.869.172) aumentaram 33,2% e 8,5%, respectivamente. O período médio de permanência dos visitantes foi de 1,6 dias, mais 0,2 dias, em relação ao idêntico semestre de 2020. Refira-se que o período médio de permanência dos turistas (2,9 dias) aumentou 0,2 dias e que o dos excursionistas (0,1 dias) baixou 0,1 dias.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar