Encontro do Chefe do Executivo com o vice-presidente do Banco da China

Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, e o vice-presidente do Banco da China, Lin Jingzhen, e respectiva comitiva.

O Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, teve, hoje (23 de Julho), um encontro, na Sede do Governo, com o vice-presidente do Banco da China, Lin Jingzhen, e respectiva comitiva, onde trocaram impressões sobre o trabalho realizado para garantir o bem-estar da população durante a epidemia, a cooperação entre Guangdong e Macau, bem como o desenvolvimento da moeda digital.

Ho Iat Seng começou por agradecer o grande apoio que o Banco da China e a Sucursal de Macau prestaram ao Governo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), durante um período difícil de epidemia, nomeadamente, na garantia do bem-estar da população e no auxílio às pequenas e médias empresas locais, fazendo votos para uma continuidade da colaboração Sucursal de Macau nos trabalhos do Governo da RAEM, a fim de reforçar a prestação de benefícios aos residentes.

O Chefe do Executivo indicou que, durante a pandemia de Covid-19, o sector do turismo de Macau, sob o apoio do Governo Central, começou a recuperar, fazendo votos para um aumento no número de turistas nas férias de verão. Acrescentou que a zona de cooperação aprofundada entre Guangdong e Macau em Hengqin, representa uma grande oportunidade para o futuro desenvolvimento económico de Macau. Para o efeito, o mesmo disse esperar que o Banco da China continue a apoiar o desenvolvimento conjunto entre Macau e Hengqin.

Ho Iat Seng afirmou ainda que, durante a epidemia, o Governo da RAEM lançou várias medidas para assegurar o bem-estar da população, designadamente, o plano de consumo por meio electrónico, o qual, sob o apoio das instituições financeiras, alterou os hábitos de consumo dos cidadãos com o dinheiro físico, contribuindo para a generalização do pagamento electrónico promovida pelo governo.

Por sua vez, Lin Jingzhen destacou a boa recuperação da economia e do sector turístico de Macau classificando-o de muito além do que imaginou possível e que durante a epidemia, o Banco da China e a Sucursal de Macau do Banco da China, têm-se empenhado no apoio e colaboração com o Governo da RAEM, aproveitando todos os meios para assegurar o bem-estar da população, além disso, reforçou dizendo que as autoridades também lançaram várias políticas e medidas pragmáticas de benefícios para estabilizar a economia e assegurar o emprego.

No encontro, as duas partes discutiram ainda o desenvolvimento da moeda digital, e Lin Jingzhen considerou que, em Macau, existe espaço e condições ideais para esta matéria, o que também poderá contribuir, de forma activa, para a construção da futura zona de cooperação aprofundada entre Guangdong e Macau em Hengqin.

Estiveram também presentes no encontro, a presidente substituta do Conselho de Administração da Autoridade Monetária de Macau, Lei Ho Ian, o presidente da Sucursal de Macau do Banco da China, Li Guang, o vice-presidente, Cai Chunyan, e o subdirector do departamento financeiro, Zhang Xiaofeng.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar