Foram injectadas no mercado cerca de 3,8 mil milhões de patacas através dos “benefícios de consumo por meio electrónico”, para manter a procura interna, alargar as fontes de visitantes e estabilizar a economia em prol de se preparar para a recuperação

O “Plano de benefícios de consumo por meios electrónicos” promove eficazmente o maior desenvolvimento do pagamento móvel local

O Governo da RAEM lançou, a partir de Março, uma série de medidas, incluindo o “Plano de garantia do emprego, estabilização da economia e asseguramento da qualidade de vida da população”. De entre estas, o “Plano de benefícios de consumo por meios electrónicos”, que constitui uma parte nuclear do plano, alivia significativamente a pressão de vida da população e, ao mesmo tempo, promove eficazmente o consumo em Macau, de modo a atingir os efeitos de manutenção da procura interna e estabilização da economia.

Ao mesmo tempo que se mantém a procura interna, o Governo da RAEM envida todos os esforços para promover os trabalhos relativos ao alargamento das fontes de visitantes, no sentido de acelerar a recuperação económica e assegurar o emprego dos residentes locais.

Cerca de 3,8 mil milhões foram injectados no mercado, promovendo o consume e mantendo a procura interna

Desde a implementação do “Plano de benefícios de consumo por meios electrónicos”, em 1 de Junho, nos primeiros três meses (até 10 de Setembro), registaram-se cerca de 46,97 milhões de transacções comerciais, tendo sido injectado no mercado de consumo local um montante de benefício (incluindo montante inicial e montante para desconto imediato) de cerca de 3,78 mil milhões de patacas. A par disso, as promoções preferenciais oferecidas pelas instituições financeiras e pelas lojas contribuem para estimular ainda mais o dinamismo do consumo.

Foram beneficiados diversos sectores de actividades económicas, atenuando as dificuldades da população e estabilizando a economia

De acordo com os dados estatísticos, encontram-se espalhadas as empresas beneficiárias envolvidas por diversos sectores de actividades económicas de Macau, dos quais, o sector da restauração ocupa o primeiro lugar em termos do valor total das transacções, correspondendo a 23%, seguem-se as “mercadorias do supermercado” (17,8%), sendo beneficiados igualmente os outros sectores.

Apoio ao pagamento móvel a avançar para um novo patamar, impulsionando o desenvolvimento da economia digital

O “Plano de benefícios de consumo por meios electrónicos” impulsiona eficazmente o maior desenvolvimento do pagamento móvel local, enriquecendo o cenário de aplicação dos pagamentos móveis e acelerando a popularização do pagamento agregado “Simple Pay”, produzindo, deste modo, efeitos promotores do desenvolvimento da economia digital em Macau.

No segundo trimestre de 2021,registaram-se 48,03 milhões de transacções de pagamentos móveis de Macau, representando um aumento trimestral de 38% e um aumento significativo de 259% em comparação com o mesmo período do ano anterior, atingindo o valor total de transacções 4,41 mil milhões de patacas, representando um acréscimo trimestral de 44% e um aumento considerável de 232% face ao período homólogo do ano passado.

Desde a implementação do “Plano de benefícios de consumo por meios electrónicos” em Junho, registou-se um aumento significativo no número de transacções de pagamento móvel quando comparado com Maio, tendo registado um aumento considerável de 39% no valor total das transacções em relação ao mês anterior.

O plano também acelerou a popularização do pagamento agregado sob a sigla “Simple Pay”, facilitando assim o pagamento e o recebimento efectuado pelos residentes e comerciantes. Até ao final do primeiro semestre de 2021, cerca de 80% dos estabelecimentos comerciais em todas as zonas de Macau actualizam os seus serviços para serviços “Simple Pay”, encontrando-se as empresas espalhadas por diversos sectores de actividades económicas, incluindo as micro, pequenas e médias empresas e as cadeias de empresas de grande dimensão relacionadas com a vida da população como a venda a retalho e a restauração. Até ao momento, o serviço em causa correu dentro da normalidade.

A divulgação da imagem de Macau como destino turístico seguro, alargando as fontes de visitantes para se preparar para a recuperação do sector

Tendo em conta a situação epidémica praticamente estável, a Direcção dos Serviços de Turismo (DST) continua a promover activamente o “Turismo+”, através da realização das actividades da Semana de Macau nas principais cidades. Na sequência da organização sucessiva, desde o ano passado até agora, das actividades da promoção de rua de grande escala da “Semana de Macau” em Pequim, Hangzhou, Nanjing e Xangai, está a ser preparada actualmente a organização da “Semana de Macau” em várias cidades do Interior da China no segundo semestre do corrente ano, no sentido de transmitir aos visitantes do Interior da China a mensagem de que Macau é uma cidade saudável e segura para visitar e promover os elementos característicos de Macau como “Turismo + Convenções e Exposições”, “Turismo + Cultura” e “Turismo + Desporto”, atraindo os visitantes do Interior da China a vir a Macau para visitar.

No âmbito do “Turismo + Comércio Electrónico”, a partir de Setembro do ano passado, a DST tem cooperado com famosas empresas do comércio electrónico e agências de viagens online no sentido de divulgar as informações turísticas de Macau e enviar as informações comerciais das PME e descontos por elas oferecidos e, além disso, proporcionar aos visitantes do Interior da China os benefícios na aquisição de bilhetes de avião, alojamento e de consumo,para atrair a vinda de visitantes a Macau, estimular o consumo, prolongar a sua estadia em Macau e alargar o leque de consumo.

De Setembro de 2020 a 5 de Setembro de 2021, foram distribuídos 2,54 milhões de vales de desconto de hotel, gerando mais de 502 mil de dormidas noalojamentolocal, envolvendo um montante de encomendas de 364 milhões de renminbis. Além disso, foram distribuídos 4,66 milhões de cupões de consumo offline, gerando um montante de consumo de 1,121 mil milhões de renminbis, representando uma alavancagem de cerca de 23 vezes. Por outro lado, através da oferta de cupões de bilhetes de avião com a promoção de “compra de dois bilhetes pelo preço de um”, foram distribuídos 4,98 milhões de cupões de bilhetes de avião, trocando em cerca de 215 mil bilhetes de avião, gerando um montante de encomendas de 148 milhões de patacas.

O sector turístico lançou, em Maio deste ano, “Roteiros turísticos seleccionados” para o mercado de visitantes, para que os visitantes possam experienciar a singularidade história, cultural e de costume de Macau, bem como os elementos de “Turismo +”, incluindo “Um dia fantástico com Mak Mak” e “Passeio de voo “charter” em helicóptero”.

A partir de 1 de Agosto do corrente ano, são instalados os balcões de informações em seis hotéis/resorts de Macau, de modo a facilitar ainda mais a consulta de informações por parte dos visitantes e residentes e a inscrição no local nos “Roteiros turísticos seleccionados” enas excursões locais dos “Passeios, gastronomia e estadia para residentes de Macau”, com vista a fomentar o turismo comunitário e impulsionar o alargamento das fontes de visitantes e a dinamização da economia turística de Macau.

A par disso, o plano “Passeios, gastronomia e estadia para residentes de Macau”, lançado em finais de Abril, contou com a participação de 72.000 pessoas. Em relação às excursões locais, até 3 de Agosto, registaram-se cerca de 32.000 inscrições. Quanto à experiência de estadia em hotéis locais, os pacotes de hotéis vendidos envolveram cerca de 45.000 hóspedes. Tendo em conta que a situação epidémica voltou a ser estável e controlada, e de acordo com as orientações recentemente ajustadas pelos Serviços de Saúde, as excursões locais, suspensas a partir de 4 de Agosto, serão retomadas a partir de 18 de Setembro.

Comos resultados faseados obtidos na prevenção e controlo da epidemia em Macau, as medidas de facilitação alfandegária entre o Interior da China e Macau estão a ser recuperadas de forma consecutiva. A abertura oficial e a entrada em funcionamento do Novo Acesso Fronteiriço Guangdong-Macau (Posto Fronteiriço Qingmao) facilitarão ainda mais a visita dos turistas a Macau. O Governo da RAEM está a envidar todos os esforços para proceder aos trabalhos de promoção, divulgando aos turistas as mensagens de Macau como uma destino turístico seguro, as informações turísticas e os benefícios de Macau.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar