As actividades do “Projecto de Gestão Financeira Transfronteiriça” correram dentro da normalidade no primeiro dia Cerca de mil residentes finalizaram a formalidade de abertura de conta

Os residentes de Macau consultaram e realizaram a formalidade de abertura da conta destinada às “Transacções em Direcção ao Norte”

As actividades no âmbito do Projecto-piloto denominado por “Gestão Financeira Transfronteiriça” da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau iniciaram-se hoje (dia 19). No primeiro dia, o mecanismo correu dentro da normalidade, os primeiros sete bancos de Macau que participaram neste Projecto iniciaram com sucesso as suas actividades, tendo cerca de mil residentes do Interior da China e de Macau finalizado a formalidade de abertura de conta.

No primeiro dia de negociação, muitos residentes deslocaram-se aos bancos de Macau que proporcionam serviços do “Projecto de Gestão Financeira Transfronteiriça” para consulta, tendo celebrado os respectivos contratos e obtido uma resposta do mercado bastante positiva. Até 17 horas, cerca de mil residentes de Macau e do Interior da China participaram nestas actividades e foram registadas cerca de 200 transacções. Entre os quais, cerca de cem investidores do Interior da China finalizaram a formalidade da abertura de conta destinada às “Transacções em Direcção ao Sul”, enquanto cerca de oitocentos residentes de Macau participaram nas “Transacções em Direcção ao Norte”. No primeiro dia de negociação, cerca de 20% das transacções foram da Zona de Cooperação Aprofundada entre Guangdong e Macau em Hengqin.

A implementação com sucesso do Projecto-piloto denominado por “Gestão Financeira Transfronteiriça” concretizou a facilitação do investimento transfronteiriço individual dos residentes da Grande Baía, bem como a interligação e a interconexão dos mercados financeiros da Grande Baía, e em simultâneo, dinamizou-se o desenvolvimento do sector financeiro moderno de Macau, acelerando o desenvolvimento das actividades de gestão de fortunas. Em conformidade com o “Memorando de Entendimento sobre o desenvolvimento, na Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, de actividades no âmbito do Projecto-piloto denominado por Gestão Financeira Transfronteiriça”, a Autoridade Monetária de Macau (AMCM) irá colaborar com as instituições de supervisão financeira do Interior da China e de Hong Kong, de modo a assegurar que as actividades desenvolvidas no âmbito deste Projecto-piloto decorram de forma eficaz e com riscos controláveis.

Para quaisquer informações acerca do “Projecto de Gestão Financeira Transfronteiriça”, podem visitar a zona específica do “Projecto de Gestão Financeira Transfronteiriça” da página electrónica da AMCM, telefonar para a linha aberta da AMCM: 2856 8856, durante o horário de expediente, ou contactar os bancos envolvidos neste Projecto.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar