A DSAL acompanha o acidente do desabamento do tecto

A DSAL destaca de imediato o seu pessoal ao local do acidente para acompanhar a situação.

Relativamente ao acidente do desabamento do tecto falso datado em hoje (dia 30 de Outubro) num estaleiro de obras situado na zona de aterro entre as ilhas da Taipa e de Coloane (COTAI), tendo ferido cinco trabalhadores de sexo masculino, a Direcção dos Serviços para os Assuntos Laborais (DSAL) manifesta a sua grande preocupação a este incidente, pelo que apresenta condolências aos trabalhadores feridos e irá acompanhar os assuntos de indemnização devido a este acidente de trabalho, sendo o motivo do acidente posteriormente investigado. Com o objectivo de assegurar a segurança dos trabalhadores, a DSAL comunicou ao empreiteiro para suspender todos os trabalhos da zona do acidente.

Após do sinistro, a DSAL destacou de imediato o seu pessoal ao local da ocorrência para saber o ponto de situação, tendo apurado na fase preliminar de investigação, que no momento da derrocada, cinco trabalhadores estão a executar obras debaixo do tecto falso, sendo este ter subitamente desabado, causando estes cinco sinistrados, ferimentos por corte ou por esmagamento. O problema da concepção ou da qualidade da obra pode ser os possíveis motivos do presente acidente, pelo que a DSAL irá acompanhar a investigação das causas.

A DSAL reitera que a segurança dos trabalhadores é muito preciosa, de acordo com o determinado no Decreto-Lei n.º 44/91/M, o empreiteiro deve assegurar a segurança do local do trabalho e o bom funcionamento das instalações, ainda como, fiscalizar o cumprimento dos procedimentos de segurança durante a execução das obras por parte dos trabalhadores, com vista garantir a sua segurança. A DSAL irá reforçar na fiscalização da segurança e saúde ocupacional dos estaleiros de construção civil, processando de acordo com a lei, caso haja situações de infracção de normas de segurança e saúde ocupacional.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar