Cerca de 120 empresários de Macau participaram no seminário de promoção de investimento e na prova de vinhos para promover o desenvolvimento económico e comercial entre os países de língua portuguesa, Xangai e Macau

Seminário de Promoção de Investimento “Aproveite Macau, Aproveite as Oportunidades nos Países de Língua Portuguesa” realizado no dia 6 de Setembro

Tendo como objectivo fazer pleno uso da plataforma de Macau e obter as últimas notícias sobre as áreas económicas e comercias dos países de língua portuguesa, Xangai e Macau, durante a realização da 4.ª Exposição Internacional de Importações da China (CIIE, na sigla inglesa), o IPIM organizou hoje (dia 6) o Seminário de Promoção de Investimento “Aproveite Macau, Aproveite as Oportunidades nos Países de Língua Portuguesa” e a “Prova de Vinhos de Países de Língua Portuguesa”, pondo em prática o papel de Macau enquanto plataforma entre a China e os países de língua portuguesa, e apresentando serviços profissionais, especialmente nas áreas financeiras e jurídicas. Cerca de 120 representantes governamentais e empresários participaram neste Seminário de Promoção de Investimento, contando com 72 sessões de bolsa de contacto.

O Seminário de Promoção de Investimento “Aproveite Macau, Aproveite as Oportunidades nos Países de Língua Portuguesa” foi organizado em conjunto com a Autoridade Monetária de Macau, Conselho para a Promoção do Comércio Internacional de Xangai, Associação de Bancos de Macau, Associação dos Advogados de Macau e China-Portuguese Speaking Countries Investment Management Company Limited.

Aproveitar de mãos dadas as oportunidades de desenvolvimento entre a China e os países de língua portuguesa

O Vogal Executivo do Conselho de Administração do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, Sam Lei, afirmou que Xangai e Macau sempre mantiveram estreitos laços de cooperação. Através da CIIE, onde foram expostas reconhecidas marcas de bens e serviços de todo o mundo, a sessão permitiu aos participantes obter um maior conhecimento sobre os novos desenvolvimentos económicos e comerciais nos países de língua portuguesa, e sobre os serviços profissionais fornecidos por Macau nas áreas financeira e jurídica, assim como, o apoio que pode proporcionar no âmbito da cooperação de negócios entre a China e os países de língua portuguesa, ajudando mais empresas de Xangai a tornarem-se globais e a chegarem a esses mercados, para, em conjunto, usufruírem das oportunidades de desenvolvimento da China e dos países de língua portuguesa.

Desfrutar das vantagens de Macau para explorar os mercados dos países de língua portuguesa

O Subdirector do Gabinete para os Assuntos de Hong Kong e Macau do Governo Municipal de Xangai, Zhou Yajun, afirmou que Macau está intimamente ligado com os países de língua portuguesa e possui um grande potencial de cooperação nos mercados e as vantagens únicas de serviços profissionais bilingues (chinês e português). Com a Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, as duas partes podem cooperar-se, partilhar as plataformas e informações. Macau desempenha um papel activo na “saída” das empresas do Interior da China para explorar os mercados dos países de língua portuguesa e criar ligações estratégicas no âmbito da dupla circulação nacionais e internacionais.

Macau possui dupla vantagem para ajudar as empresas a procurarem oportunidades económicas e comerciais

O Vice-Presidente do Conselho para a Promoção do Comércio Internacional de Xangai, Gu Chunting, afirmou que Macau goza das vantagens de promoção da plataforma do Interior da China e pode aproveitar as vantagens da estreita ligação entre Macau e os países de língua portuguesa, para desenvolver um nível de internacionalização, ajudando as empresas a explorar os mercados dos países lusófonos e procurar oportunidades económicas e comerciais.

Nesta ocasião, representantes das diversas entidades realizaram apresentações temáticas e sessões de partilha de opiniões.

Aproveitar a sessão para explorar possíveis formas de cooperação a desenvolver no futuro

Os empresários de Xangai que participaram na sessão afirmaram que adquiriram um melhor conhecimento sobre as funções de Macau enquanto plataforma entre a China e os países de língua portuguesa, sobre os serviços profissionais fornecidos por Macau, nomeadamente os financeiros e jurídicos, e sobre os serviços disponibilizados pelo IPIM. Acreditam que no futuro poderão aproveitar a plataforma de Macau para explorar as oportunidades dos Países de Língua Portuguesa e alargar mais o leque de possibilidades do mercado.

Promover a popularidade dos vinhos de países de língua portuguesa no Interior da China através da degustação

Realizou-se, no mesmo dia, a “Prova de Vinhos de Países de Língua Portuguesa” organizada pelo IPIM, onde os distribuidores dos produtos vinícolas dos países de língua portuguesa em Macau deram aos 17 compradores convidados da área degustar os seus produtos, introduzindo-lhos em diferentes aspectos. Os empresários de Xangai afirmaram que esta actividade lhes abriu novas experiências relacionadas com vinhos dos países de língua portuguesa. Ao mesmo tempo, esta actividade serviu para divulgar a integração cultural do património chinês e português em Macau, dando destaque ao charme único da cidade enquanto plataforma entre a China e os países de língua portuguesa.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar