Detectado após chegada a Macau caso de recaída do exterior | Situação não foi classificada como caso confirmado de COVID-19 local


O Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus informa que uma residente de Macau (que já tinha sido diagnosticada no exterior) entrou em Macau em 03 de Novembro e foi submetida a observação médica.

Quarta-feira (10 de Novembro) o resultado do teste de ácido nucleico relevou um resultado positivo fraco e por esta senhora já tinha sido diagnosticada como caso confirmado no exterior, foi classificada como caso de recaída.

Este caso foi diagnosticado numa residente de Macau, 48 anos de idade, trabalhadora por longo período de tempo em Manila em Filipinas, e já tinha sido vacinada com duas doses de vacina inactivada.

No dia 20 de Agosto, entre outros manifestou sintomas de corrimento nasal e tosse e foi diagnosticado como caso confirmado no dia 30 de Agosto.

Antes de viajar para Macau esta residente foi submetida sucessivamente a testes de ácido nucleico nos dias 29 de Outubro, 31 de Outubro e 02 de Novembro na cidade de Manila (Filipinas), cujo resultado foi negativo.

No dia 03 de Novembro, esta residente embarcou de voo SQ915 de Manila para Singapura no assento 12A e nesse mesmo dia embarcou no voo TR904 de Singapura para Macau no assento 5A.

Após a chegada, fez de imediato o teste por zaragatoa nasofaríngea e o resultado foi negativo.

Uma vez que esta residente sofreu indisposições em meados de Agosto em Manila, tendo testado positivo, tendo em consideração a existência de risco de recaída, esta foi encaminhada para o Centro Clínico de Saúde Pública para ser submetida a observação médica. Hoje (dia 10 de Novembro) o teste de ácido nucleico de COVID-19 foi fraco positivo.

O Centro de Coordenação afirmou que como o caso já tinha sido diagnosticado no exterior e actualmente esta não sofre que quaisquer sintomas de COVID-19, é considerado um caso de recaída do exterior.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar