Quatro indivíduos obrigados a  autogestão de saúde por terem apanhado mesmo voo mas em diferentes segmentos com o caso confirmado do Interior da China


O Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus, informa que quatro (4) indivíduos que se encontram em Macau, que apanharam um voo, mas em diferentes segmentos do trajecto, com um caso diagnosticado como importado de Singapura identificado no Interior da China, foram submetidos à realização de três (3) testes de ácido nucleico e autogestão da saúde até próximo dia 17 de Novembro.

Com base do mecanismo conjunto de Prevenção e Controlo de Zhuhai-Macau, ontem (10) à noite, os Serviços de Saúde foram notificados pelo Centro de Controlo e Prevenção de Doenças de Zhuhai que um indivíduo proveniente de Singapura, que tinha entrado no Interior da China via cidade Qingdao da Província Shandong.

Após a conclusão da observação médica na cidade de Qingdao, a 3 de Novembro, apanhou o voo SC8841, a partir da cidade Qingdao e desembarcou no “stopover” realizado na cidade Fuzhou (o voo continuou para Zhuhai), tendo sido transferido em circuito fechado para cidade Putian para efectuar um isolamento. Nessas instalações o teste de ácido nucleico realizado a 4 de Novembro foi negativo, mas o resultado do teste de ácido nucleico efectuado na noite de 6 de Novembro foi fracamente positivo. Este doente relatou que tinha sido diagnosticado com novo tipo de pneumonia Coronavírus em Singapura no passado mês de Agosto.

De acordo com a investigação efectuada pelas autoridades de Zhuhai, quatro (4) indivíduos que estão actualmente em Macau, embarcaram na cidade de Fuzhou para o segundo segmento do voo acima mencionado (Fuzhou/Zhuhai).

Esta caso positivo, identificado na província de Fujian, é provavelmente um caso de recaída já que quando o doente apanhou o voo a 3 de Novembro, o resultado do teste de ácido nucleico realizado no dia seguinte foi negativo, tornou-se fracamente positivo apenas em 6 de Novembro, julgando-se por isso que não exista um elevado risco de infecção.

Os quatro indivíduos que se encontram em Macau apanharam o segmento posterior do mesmo voo onde viajou o doente confirmado. Nunca viajaram no mesmo segmento. Tendo em consideração os factores mencionados, acredita-se que o risco de infecção não seja elevado.

Para medida preventiva, após receberem a notificação de Zhuhai, estes indivíduos foram contactados pelos Serviços de Saúde para se submeterem imediatamente ao teste de ácido nucleico e todos tiveram resultados negativos. Foi solicitado que façam mais dois (2) testes de ácido nucleico consecutivos no próximos dois dias (ou seja, três testes no total), bem com procedam a fazer autogestão de saúde até próximo dia 17 de Novembro.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar