Ilustrando todos os tipos de fenómenos mundanos e reflectindo as experiências de vida dos seus compositores, a música contempla a sociedade e inspira-nos, numa linguagem única e abstracta e com forte impacto emocional. Neste concerto de abertura da temporada 2019-2020, a Orquestra de Macau apresenta, em colaboração com o internacionalmente aclamado violoncelista Alban Gerhardt, o“Concerto para Violoncelo e Orquestra N.o 1, Op. 107”de Dmitry Shostakovich, um obra que usa o choque entre o violoncelo e a orquestra como uma metáfora da luta entre o indivíduo e a sociedade. Do programa fazem ainda parte“Carnival Ouverture”de Antonin Dvorak, obra entusiástica que celebra a chama eterna da vida e a “Sinfonia Nº 5” de Tchaikovsky, em que o compositor enfrenta o seu destino. Não perca estas três obras-primas!

Mais detalhes

Alban Gerhardt e a Orquestra de Macau


Conteúdo fornecido por: Instituto Cultural (IC)

Última actualização: 2019-04-29 17:52

Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar