Serviços de Saúde apelam ao não consumo do medicamento denominado  “Papapa”

produto “Papapa”

De acordo com informações publicadas pelo Departamento de Saúde da Região Administrativa Especial de Hong Kong, foi detectado um (1) produto com a denominação “Papapa”, que possui na sua constituição substâncias medicamentosas conhecidas como “tadalafil”, “hydroxyhomosildenafil” e “hydroxythiohomosildenafil diclofenaco”pelo que, a entidade de saúde da RAEHK, apelou aos cidadãos para não adquirir ou consumir estes produtos. Aliás refira-se que a importação deste produto para o mercado de Macau nunca foi autorizada pelos Serviços de Saúde.

As substâncias “Hydroxyhomosildenafil”e “hydroxythiohomosildenafil” análogo à substância “tadalafil” são geralmente utilizadas para o tratamento de disfunção eréctil masculina, os efeitos secundários incluem pressão arterial baixa, dor de cabeça, vómitos, tonturas, visão turva temporária e podem causar interacção com alguns medicamentos, causando diminuição da pressão arterial para níveis perigosos.

Com vista a assegurar a saúde pública, os Serviços de Saúde não só estão a acompanhar a situação de circulação deste produto em Macau, como também apelam aos cidadãos para que não o adquiram, nem o consumam. Caso os cidadãos tenham adquirido este produto, devem suspender o seu consumo e devem proceder à sua entrega no Departamento dos Assuntos Farmacêuticos dos Serviços de Saúde que se situa na Avenida do Sidónio Pais, n.° 51, Edifício “China Plaza”, 2.° andar.

Para esclarecimento de eventuais dúvidas, os cidadãos podem recorrer à linha aberta n.° 6683 3329 ou, na hora de expediente, ao telefone n.° 8598 3523 do Departamento de Assuntos Farmacêuticos dos Serviços de Saúde.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar