Inauguração da Feira Internacional do Livro de Macau 2019 Literatura e gastronomia

Inauguração da Feira Internacional do Livro de Macau 2019

A Feira Internacional do Livro de Macau 2019, um dos eventos no âmbito do 2.º Encontro de Macau - Festival de Artes e Cultura entre a China e os Países de Língua Portuguesa, co-organizada pelo Instituto Cultural do Governo da Região Administrativa Especial de Macau e pela Companhia (Grupo) Nacional de Importação e Exportação de Publicações da China, foi inaugurada no dia 4 de Julho, pelas 10:30 horas, no Pavilhão A do Hotel The Venetian Macau, cuja cerimónia foi presidida pelo Vice-Director do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM, Xue Xiaofeng; pela Representante do Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura do Governo da RAEM e Presidente do Instituto Cultural, Mok Ian Ian; pelo Presidente da Companhia de Publicações da China, Tan Yue; pelo Cônsul-geral de Portugal em Macau, Paulo Cunha Alves; pela Secretária-Geral do Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau), Xu Yingzhen; pelo Presidente do Conselho da Administração da Fundação Macau, Wu Zhiliang; pelo Coordenador-Adjunto do Gabinete de Estudo das Políticas do Comissariado do Ministério dos Negócios Estrangeiros da República Popular da China na RAEM, Jiang Xiaofan; pela Vice-Presidente do Instituto de Formação Turística, Florence Ian e pela Chefe do Departamento de Licenciamento e Inspecção da Direcção dos Serviços de Turismo do Governo da RAEM, Chan Lou.

Estiveram presentes também vários convidados e representantes de editores: Embaixador de Timor-Leste em Pequim, Bendito Dos Santos Freitas; Cônsul-Geral de Angola em Macau, Sofia Pegado da Silva; Cônsul-Geral de Moçambique em Macau, Rafael Custódio Marques; Subdirector do Departamento de Propaganda e Cultura do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM, Liu Wei; Vice-Presidente do Instituto Cultural do Governo da RAEM, Chan Kai Chun; Presidente da Associação de Publicações de Macau, Chan U Ion; Presidente do China Health-Media Group, Ltd., Wu Shaozhen; Vice-Presidente da Companhia (Grupo) Nacional de Importação e Exportação de Publicações da China, Lin Liying; Presidente dos Prémios para os melhores livros de culinária e de vinhos, Édouard Cointreau; Presidente da Chinese Creation Publishing Co.,Ltd, Wang Chenghui.

O evento é realizado de 4 a 7 de Julho, atraindo a participação de mais de 60 editores de mais de 20 países e regiões, e contando com cerca de 10 mil livros. Os expositores incluem editores de Países de Língua Portuguesa como Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Timor Leste, São Tomé e Príncipe e Guiné-Bissau, e também inclui a Editorial Presença, de Portugal, e a Editora Senac São Paulo, do Brasil. Vários outros editores da Europa, do Sudeste Asiático e da América do Sul também participam na feira do livro. Do interior da China, Hong Kong, Macau e Taiwan, marcam presença 20 editoras, como por exemplo a Companhia de Publicações da China, a People's Literature Publishing House, a Guangxi Normal University Press Group, a Tsinghua University Press, a Sino United Publishing (Holdings) Limited de Hong Kong, a Livraria Portuguesa, o Instituto Ricci de Macau, entre muitas outras que se juntam na feira. O Instituto Cultural realizou, no mesmo dia, um almoço para os convidados trocarem as suas opiniões. O almoço teve o apoio da Melco Resorts & Entertainment Limited.

O recinto para a exposição de livros divide-se em 4 áreas com temas diferentes, nomeadamente a Exposição de Livros de Culinária e de Vinhos, a Exposição de Publicações em Língua Chinesa, a Exposição Internacional e a Área para Experiências de Leitura. A Exposição de Publicações em Língua Chinesa inclui a Exposição Especial da Região da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau, que exibe livros de culinária e de cultura editados na região, e o Pavilhão de Macau, organizado pelo Instituto Cultural, Fundação Macau e Instituto de Formação Turística, que apresenta livros editados em Macau sobre a cultura chinesa e portuguesa, sobre gastronomia, sobre história e também sobre viagens, onde estão representados 15 editores locais, o que permite ao público ter uma melhor compreensão sobre a cultura gastronómica e sentir Macau como Cidade Criativa em Gastronomia.

A Feira Internacional do Livro de Macau 2019 apresenta ainda diversos eventos gratuitos ao público, bem como a Sala Polivalente e a Cozinha dos Chefs. Serão organizadas 24 actividades na Sala Polivalente, incluindo a 24.ª Cerimónia Internacional de Entrega de Prémios para os Melhores Livros de Culinária e de Vinhos, seminários sobre publicações, sessões de intercâmbio, lançamentos de livros e conversas com escritores. O primeiro “Seminário sobre Publicações Sino-Portuguesas”, dedicado ao tema “Promoção do desenvolvimento e procura de cooperação – novas oportunidades para a edição de publicações sobre cultura gastronómica”, foi realizado de manhã do mesmo dia, convidando vários profissionais dos círculos editoriais chineses e estrangeiros para manifestar os seus pontos sobre novas oportunidades de cooperação e desenvolvimento entre a indústria editorial chinesa e a internacional.

Foram convidados escritores como Chua Lam, Ge Liang, Liu Zhenyun e Craig Au Yeung Ying Chai e também escritores locais como Tong Mui Siu, Yao Feng, Wang Chen Pao e Cecília Jorge, entre outros, para interagir com o público e debater ideias. Os representantes de editoras da China e dos Países de Língua Portuguesa vão reunir e partilhar os seus conhecimentos sobre o desenvolvimento da cultura editorial chinesa e portuguesa e encorajar a audiência a reflectir sobre o significado da cultura gastronómica em Macau numa nova perspectiva, alargar horizontes, melhorar a cidade e criar vitalidade no mercado editorial e no desenvolvimento cultural de Macau. O número de lugares disponíveis para a Sala Polivalente é já limitado, sendo bem-vindo o público a participar. O público que assistiu à conversa com os escritores receberá um cartão postal de edição limitada.

A fim de proporcionar à assistência uma experiência de sabores exóticos, diversos cozinheiros nacionais e internacionais, incluindo o chef Chakall; Philippe Groult, Chefe do Departamento de Gastronomia do Le Cordon Bleu Paris; e Cyril Rouquet, famoso cozinheirofrancês, realizarão demonstrações de culinária ao vivo na área da Cozinha dos Chefs, que inclui uma demonstração da culinária macaense, mostrando Macau como a Cidade Criativa em Gastronomia. Estão previstas cerca de 21 sessões nesta área, pelo que a inscrição é feita por ordem de chegada.

O 2.º Encontro em Macau - Festival de Artes e Cultura entre a China e os Países de Língua Portuguesa é organizado pelo Instituto Cultural, apoiado pela Secretaria para os Assuntos Sociais e Cultura e co-organizado pela Direcção dos Serviços de Turismo. A Feira do Livro conta com o apoio de várias entidades, incluindo do Departamento de Propaganda e Cultura do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na Região Administrativa Especial de Macau, da Companhia de Publicações da China, da Fundação Macau e do Instituto de Formação Turística. A entrada é gratuita e o público é bem-vindo. A Feira do Livro está aberta de 4 a 6 de Julho, das 10:00 horas às 20:00 horas e no dia 7 de Julho, das 10:00 horas às 16:30 horas (última admissão 30 minutos antes do encerramento). Nos dias da Feira os visitantes têm estacionamento gratuito no Pavilhão B do Hotel The Venetian, Macau. Para mais informações, visite a página electrónica em www.icm.gov.mo/FCP ou siga a página IC Art no Facebook ou inscreva-se na conta do WeChat ICmacao.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar