Exposição fotográfica de grande dimensão sobre Mao Tsé-Tung inaugurada solenemente

Chefe do Executivo, Chui Sai On, discursa na cerimónia de inauguração da Exposição fotográfica de grande dimensão sobre Mao Tsé-Tung — Comemoração do 70.º Aniversário da Implantação da República Popular da China e do 20.º Aniversário do Estabelecimento da RAEM.

Inaugurou-se, solenemente, este domingo de manhã, no Museu das Ofertas sobre a Transferência de Soberania de Macau, aExposição fotográfica de grande dimensão sobre Mao Tsé-Tung — Comemoração do 70.º Aniversário da Implantação da República Popular da China e do 20.º Aniversário do Estabelecimento da RAEM, organizada por Governo da RAEM, Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM,Instituto de Investigação de Literatura do PCC e Comité Provincial de Hunan do PCC, e realizada pela DSEJ em parceria com o Departamento de Divulgação e Cultura do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM, o Gabinete para os Assuntos de Hong Kong e Macau do Governo Popular da Província de Hunan e os Serviços de Administração de Shaoshan da Província de Hunan e com o apoio do Museu de Arte de Macau do Instituto Cultural.

O Chefe do Executivo da RAEM, Chui Sai On, o Vice-Presidente do Comité Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês, Ho Hau Wah, o Director do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM, Fu Ziying, a Vice-Secretária do Comité Provincial de Hunan, Ulan, a Comissária do Ministério dos Negócios Estrangeiros da República Popular da China na RAEM, Shen Beili, o Comissário Político da Guarnição do Exército de Libertação do Povo Chinês estacionada em Macau, Coronel Sun Wenju, a Subdirectora da Associação de Estudo sobre o Pensamento e a Vida de Mao Tsé-Tung doInstituto de Investigação de Literatura do PCC, Loujie, o representante do Museu Memorial de Mao Tsé-Tung em Shaoshan, os titulares dos principais cargos do Governo da RAEM, os membros do Conselho Executivo, os delegados da Assembleia Legislativa, os representantes das autoridades judiciárias, osdeputados de Macau à Assembleia Popular Nacional e representantes dos membros de Macau no Comité Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês, os membros do Conselho de Educação para o Ensino Não Superior e os do Conselho de Juventude, bem como os representantes de diversos sectores da sociedade de Macau constituíram o grupo, de cerca de 200 pessoas, que assistiu à cerimónia de inauguração e visitou a Exposição.

No uso da palavra, Chui Sai On referiu que, desde o retorno à Pátria, vinte anos volvidos, Macau partilhava, com todo o povo chinês, a dignidade e a honra da grande Pátria, e embarcara no comboio expresso do desenvolvimento nacional, concretizando melhor e de maneira mais célere o seu próprio desenvolvimento. Por ocasião do 70.º Aniversário da Implantação da República Popular da China e do 20.º Aniversário do Estabelecimento da RAEM, a comemoração da vida e da grandiosa obra do Presidente Mao Tsé-Tung, através de uma exposição fotográfica, e a mostra, a todos os residentes, dos grandes feitos e da vida extraordinária do fundador da República Popular da Chinatinham um significado relevante, contribuindo para incentivar o sentimento patriótico dos residentes e consolidar o grande Amor pela Pátria e por Macau, para além de impulsionar as novas gerações a seguirem sempre o caminho de salvaguarda do bem-estar da população. Considerando o Povo como o ponto de partida das suas acções, trabalhando com maior diligência e promovendo, continuadamente, o desenvolvimento de todas as tarefas, pode-se encorajar a população, em geral, a trabalhar, em união de esforços e de forma incansável, para a concretização do objectivo dos “dois centenários”e para a materialização do sonho chinês do grandioso renascimento da Nação Chinesa.

Fu Ziying frisou que o Presidente Mao Tsé-Tung e Macau tinham uma enraizada relação histórica,pois o Presidente tinha, sempre, nutrido um carinho especial por Hong Kong e Macau, preocupando-se com o bem-estar dos compatriotas das duas regiões. Manter o princípio “Um pais, dois sistemas” e concretizar a unificação total da Pátria são exigências necessárias à materialização do grandioso renascimento da Nação Chinesa. Através desta Exposição fotográfica, dá-se a possibilidade, aos compatriotas de Macau, de poderem recordar as grandes conquistas alcançadaspelo grande homem, sem esquecer as intenções iniciais, enfrentando o futuro, estimando e protegendo, ainda mais, a boa conjuntura actual, que não é fácil alcançar, empenhando-se, em maior grau, para que a China se torne cada vez mais próspera e grandiosa e Macau se torne ainda mais próspera e estável, promovendo a concretização do sonho sublime da China do grande rejuvenescimento da nação chinesa.

Ulan declarou que esta exposição fotográfica ajudou os cidadãos de Macau e do exterior a conhecerem, de forma aprofundada, a história brilhante e sofrida do desenvolvimento da China nos tempos modernos, inteirando-se, também, da história árdua e magnífica de luta do Partido Comunista da China, revestindo-se de um grande significado em relação à união de forças para materialização do sonho chinês do grandioso renascimento da Nação Chinesa. Nos últimos anos, o intercâmbio económico e comercial entre a Província de Hunan e Macau tem sido cada vez mais frequente, esperando-se que Macau continue a constituir uma plataforma importante no desenvolvimento do intercâmbio e da cooperação com os países de língua portuguesa, promovendo a cooperação entre as indústrias prioritárias de Hunan e os países de língua portuguesa, no sentido de criar, em conjunto, o futuro de prosperidade da Província de Hunan e de Macau.

Loujie disse que a Exposição Fotográfica de grande dimensão sobre Mao Tsé-Tung era a história viva do Partido Comunista Chinês e um material didáctico dinâmico da China, reflectindo que o fundador da China, Mao Tsé-Tung, liderou o Partido Comunista da China e o povo chinês para criar a República Popular da China, estabelecendo o sistema de base socialista e alcançando a realização básica da construção do socialismo; ao mesmo tempo, esta grande Exposição reflecte, também, o carinho de Mao Zedong em relação ao Povo e à sua maneira de ser, tendo importância significativa no incentivar do amor à Pátria e a Macau dos compatriotas de Macau, fomentando a coesão dos filhos da China, assim como no materializar do sonho chinês do grandioso renascimento da Nação Chinesa.

Após a cerimónia, os convidados efectuaram uma visita à Exposição Fotográfica, que tem por base as obras expostas no Museu Memorial de Mao Tsé-Tung em Shaoshan, exibindo diversas fotografias preciosas, com descrições escritas. Na Exposição estão também expostas réplicas, no sentido de ajudar os cidadãos a adquirir conhecimentos mais profundos da história de vida e da ideologia do Presidente Mao Tsé-Tung e de possibilitar que estes possam apreciar o seu extraordinário carisma.

A presente Exposição estará patente, no Museu das Ofertas sobre a Transferência de Soberania de Macau, de 1 a 9 de Setembro de 2019, sendo, integralmente, aberta ao público, após a Cerimónia de Inauguração. O horário de visita à exposição é das 10h às 21h, entre os dias 1 e 8 de Setembro, e das 10h às 19h, no dia 9 (não encerra às segundas-feiras). A visita de todos é bem-vinda.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar