Terminou com sucesso o Curso de Verão para Alunos de Países Lusófonos, organizado pelo IPM em cooperação com o Secretariado Permanente do Fórum de Macau

Foto de grupo na cerimónia de encerramento

A realização do “Curso de Verão para Alunos de Países Lusófonos”, que decorreu entre 26 e 30 de Agosto, resultou da cooperação entre o Instituto Politécnico de Macau (IPM) com o Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau). Pretendeu, no vasto campo da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”, dar relevo ao papel de Macau como “plataforma de serviços para a cooperação comercial entre a China e os países de língua portuguesa”, e potenciar o nível de cooperação dos países lusófonos na construção da Grande Baía Guangdong – Hong Kong – Macau.

No último dia, aquando da cerimónia de encerramento, presidida pela Vice-Presidente do IPM, a Prof. Doutora Vivian Lei, e pela Coordenadora do Gabinete de Apoio do Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau), a Dra. Teresa Mok, foram entregues os diplomas de conclusão do curso aos quinze alunos vindos do Brasil, de Angola e de Cabo Verde. Participaram da cerimónia o Delegado de Cabo Verde junto do Secretariado Permanente do Fórum Macau, o Dr. Nuno Miguel Melo Furtado, o Delegado de São Tomé e Príncipe, o Dr. Gika Makeba da Graça Simão, e o coordenador do Centro Pedagógico e Científico da Língua Portuguesa do IPM, o Prof. Doutor Gaspar Zhang.

No decorrer da cerimónia, a Prof. Doutora Vivian Lei congratulou-se com o evento e com os seus bons resultados, tendo em conta os objectivos propostos, e referiu como, a fim de apoiar o governo da RAEM na construção da plataforma de serviços para a cooperação comercial entre a China e os países de língua portuguesa, o IPM abriu, em 2015, com o apoio do Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, o único Curso de Licenciatura em Relações Comerciais China-Países Lusófonos em Macau. O curso oferece bolsas de estudo e tem atraído, de forma contínua, alunos vindos de países lusófonos, sendo que, neste novo ano lectivo, são cento e quarenta os alunos que o frequentam.

De acordo com a Dra. Teresa Mok, a realização deste Curso de Verão para Alunos de Países Lusófonos visa promover e concretizar as previdências da 5ª Conferência Ministerial do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau), onde se previa o oferecimento da formação em serviço conferente de grau académico do Interior da China e de Macau aos países lusófonos. Referiu, ainda, como o Secretariado Permanente do Fórum de Macau tem envidado esforços para reforçar o intercâmbio económico comercial entre a China e os países de língua portuguesa, sendo que Macau tem, neste processo, um papel fundamental como plataforma de serviços para a cooperação comercial entre as duas partes.

Na sua estadia em Macau, os alunos dos países lusófonos frequentaram, no campus do IPM, seminários académicos em diversas áreas, tais como História e Cultura Chinesa, Economia dos Membros da CPLP, Economia da China, Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, Comércio na Internet e Comércio Electrónico. Mas, tendo em conta a diversidade e a riqueza da cidade, participaram ainda em várias actividades culturais. Através da visita a instituições de grande significado no campo da cooperação, como o Secretariado Permanente do Fórum de Macau e o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, tiveram oportunidade de desenvolver o conhecimento sobre Macau, sobre a Grande Baía e sobre o Fórum Macau.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar