Resumo dos principais pontos da conferência de imprensa – Situação de saúde dos residentes de Macau que se encontram retidos na província de Hubei


A directora dos Serviços de Turismo, Maria Helena de Senna Fernandes, revelou que, apesar de o Gabinete de Gestão de Crises do Turismo (GGCT) manter o contacto diário com os residentes de Macau na província de Hubei, é impossível observar directamente o seu real estado de saúde, pelo que são os residentes que devem declará-lo. Segundo a responsável, até aquele momento, nenhum deles manifestou qualquer indisposição e as autoridades têm de acreditar nas informações transmitidas pelos residentes. De qualquer forma, a também coordenadora do GGCT disse que esse organismo vai continuar a acompanhar e a manter o contacto com os residentes de Macau na província. Depois da operação de hoje que resultou no regresso de alguns, ficaram ainda 119 residentes de Macau em Hubei.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar