A Aliança para Formação de Quadros Bilingues Qualificados nas Línguas Chinesa e Portuguesa continua a promover os trabalhos de formação de quadros qualificados bilingues em chinês e português para diversas áreas


A Aliança para Formação de Quadros Bilingues Qualificados nas Línguas Chinesa e Portuguesa realizou, recentemente, a sua 1ª reunião deste ano na Direcção dos Serviços do Ensino Superior. A reunião foi presidida pela presidente da Aliança e vice-presidente do Instituto Politécnico de Macau, Dra. Lei Ngan Lin. Os participantes trocaram opiniões sobre vários trabalhos, tais como o Plano de Financiamentos Especiais para Formação de Quadros Qualificados Bilingues em Chinês e Português e para a Cooperação do Ensino e da Investigação das Instituições do Ensino Superior de Macau, os estudos sobre as diferenças entre Países de Língua Portuguesa e a realização, em cooperação, da 2.ª edição do Fórum dos Reitores das Instituições do Ensino Superior da China e dos Países de Língua Portuguesa, entre outros.

Acrescentam-se novos elementos no Plano de Financiamentos Especiais para Formação de Quadros Qualificados Bilingues em Chinês e Português O chefe do Departamento de Cooperação, Ciências e Tecnologia do Ensino Superior da DSES, Che Weng Keong disse que, quanto ao “Plano de Financiamentos Especiais para Formação de Quadros Qualificados Bilingues em Chinês e Português”, o Fundo do Ensino Superior financiou, no ano passado, vários projectos de trabalho realizados por quatro instituições do ensino superior de Macau, incluindo a exploração/publicação de materiais didácticos, desenvolvimento de materiais didácticos electrónicos, publicação de obras académicas, acções de formação, conferências / fóruns, estudos académicos, bases de dados, sistemas de tradução e cursos on-line. Este ano, continuar-se-á a lançar o respectivo plano, e acrescentar-se-ão novos elementos, além de expandir a região de cooperação a diferentes locais do mundo, alargando ainda o âmbito de financiamento, para incentivar as instituições do ensino superior de Macau a realizarem, com os Países de Língua Portuguesa, projectos de cooperação que apoiem o aumento das competências profissionais académicas e de investigação científica do pessoal docente e de investigação das instituições do ensino superior de Macau. As instituições do ensino superior, podem, também, apresentar planos plurianuais com a atribuição do financiamento até dois anos. As instituições do ensino superior consideraram que a optimização do plano respondeu, concretamente, às necessidades do pessoal docente e de investigação das instituições do ensino superior e iria apoiá-las na realização dos respectivos trabalhos.

Criação de um Think tank de especialistas para a investigação nos estudos sobre as diferenças dos Países de Língua Portuguesa

Na reunião, os participantes discutiram, em conjunto, a promoção dos trabalhos de estudos dos Países de Língua Portuguesa e abordaram a criação de um Think tank de especialistas, para que se junte à força dos especialistas das diversas áreas académicas das instituições do ensino superior da Aliança. Em simultâneo, promovem-se as vantagens do ensino das línguas e integram-se os trabalhos académicos em vários aspectos, tais como, a economia, a sociedade e o direito dos Países de Língua Portuguesa, para dar “apoios inteligentes”, na promoção do posicionamento de Macau como “uma plataforma” e das estratégias nacionais de desenvolvimento, impulsionando a formação de quadros qualificados bilingues em chinês e português em diversas áreas. Além disso, a Aliança decidiu a realização, em cooperação, da 2.a edição do Fórum dos Reitores das Instituições do Ensino Superior da China e dos Países de Língua Portuguesa.

Estiveram presentes na reunião: pela Universidade de Macau, Zhen Yong, director do Gabinete de Assuntos Globais, Xu Jie, director substituto da Faculdade de Letras, Yao Jing Min, director do Departamento de Português, Lei Kit Man, chefe para os Assuntos Globais, e Zhang Jing, professora auxiliar do Departamento de Português; pelo Instituto Politécnico de Macau, Zhang Yunfeng, coordenador do Centro Pedagógico e Científico da Língua Portuguesa, e Rosa Bizarro, coordenadora do Curso de Doutoramento em Português da Escola Superior de Línguas e Tradução; pela Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau, Sun Jian Rong, vice-reitor associado; pela Universidade da Cidade de Macau, Ip Kuai Peng e Li ShuYing, pro-reitores, e Francisco Leandro, director associado do Institute for Research on Portuguese-speaking countries; pela Universidade de São José, Alan Norman Baxter, director da Faculdade de Humanidades, Jenny Lao Phillips, directora da Escola de Negócios e Direito, e Vera Borges, coordenadora do Departamento dos Estudos Portugueses; e, pela Direcção dos Serviços do Ensino Superior, Chang Kun Hong, subdirector.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar