Inicia sábado (2 de Maio) o 11.º plano de fornecimento de máscaras aos residentes de Macau

Programa para assegurar fornecimento de máscaras a residentes de Macau

O Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus inicia sábado, 2 de Maio, o 11.º plano de fornecimento de máscaras aos residentes de Macau. Os residentes devem agendar o momento de compra das máscaras de acordo com suas necessidades e de acordo com o número de máscaras que ainda possua.

O Governo assegura que o número de máscaras disponíveis serve todas as necessidades da população, apelando aos residentes que comprem as máscaras, tendo em conta as suas necessidades e a quantidade restante de máscaras. Não há necessidade de comprarem máscaras nos primeiros dois dias após o início do 11.º plano, não é necessário fazerem filas de espera, nem é necessário aguardar longas horas pela abertura das farmácias ou correrem para os pontos de venda. Os residentes devem, acima de tudo, evitar aglomerações de pessoas e devem reduzir os tempos de espera. Solicita-se a colaboração de toda a população.

O meio de implementação, os locais de venda e o horário do 11.º plano são idênticos ao 10.º plano. Todos os indivíduos elegíveis, como os portadores de BIRM permanente e não permanente, portadores do Título de Identificação de Trabalhador Não-residente (Cartão Azul) podem comprar até 10 máscaras a cada 10 dias nos locais de venda deste Plano.

As máscaras para crianças serão fornecidas a crianças que já tenham completado 3 anos de idade e que tenham até 8 anos de idade (nascidas entre 3 de Maio de 2011 e 11 de Maio de 2017), podendo ser adquiridas 5 máscaras infantis de cada vez. Com base no princípio de justiça, para crianças desta faixa etária também podem ser adquiridas, ao mesmo tempo, 5 máscaras para adultos ou 10 máscaras para adultos como alternativa. Os pais devem deslocar-se aos Centros de Saúde da área de residência munidos do original do Bilhete de Identidade de Residente de Macau da criança para as comprar (não serão disponibilizadas máscaras infantis nas farmácias convencionadas, nem nos pontos de venda das três (3) associações cívicas). O acesso às máscaras infantis é determinado pela data de nascimento do bilhete de identidade.

As mascaras estão disponíveis nos centros de saúde e postos de saúde dos Serviços de Saúde, as farmácias convencionadas dos Serviços de Saúde e três associações cívicas (Federação das Associações dos Operários de Macau, União Geral das Associações dos Moradores de Macau e Associação Geral das Mulheres de Macau) num total de 84 pontos de venda de máscaras em Macau (ver anexo).

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar