DSEJ e representantes do sector educativo discutem planos preparatórios para o reinício das aulas presenciais dos restantes níveis de ensino

DSEJ e representantes do sector educativo discutem planos preparatórios para o reinício das aulas presenciais dos restantes níveis de ensino

No dia 5 de Maio, o director da Direcção dos Serviços de Educação e Juventude (DSEJ), Lou Pak Sang e seus dirigentes e chefias, reuniram-se, novamente, com os representantes da Associação de Educação de Macau e da Associação das Escolas Católicas de Macau, para fazerem um balanço aprofundado das experiências faseadas, no âmbito do reinício das aulas presenciais do ensino secundário complementar, com vista a melhorar a preparação da retomada das aulas presenciais do ensino secundário geral, no dia 11 de Maio, a tomada das medidas cordiais pelas escolas e, ainda, uma abordagem activa sobre os planos preparatórios para reinício das aulas nos restantes níveis de ensino.

Na reunião, os representantes presentes agradeceram à DSEJ por ter enviado funcionários a todas as escolas de Macau, para se inteirarem e apoiarem o seu funcionamento durante o reinício das aulas presenciais do ensino secundário complementar. Por outro lado, com base no balanço das experiências, em relação ao reinício das aulas presenciais do ensino secundário complementar, procederam a um intercâmbio profundo, em termos de optimização dos procedimentos de entrada e saída dos alunos transfronteiriços, promoção de modelos diversificados de fornecimento de almoços, realização de actividades interessantes e com carácter de desenvolvimento através da medida cordial, formas de resolver situações em que os serviços opcionais deixaram de ser prestados pela escola em virtude do surto epidémico e ajustamento da organização da disciplina de educação física, para se focar, principalmente, no ensino de conhecimentos e teorias desportivas, sem a realização de actividades físicas, etc. Em simultâneo, procedeu-se a uma discussão aprofundada e prática dos planos preparatórios de reinício das aulas dos ensinos infantil, primário e especial, tendo-se chegado ao consenso de que as aulas do ensino primário poderão ser retomadas por fases, para que as escolas possam ter tempo suficiente para se prepararem e organizarem. Para os ensinos infantil e especial, a possibilidade de as aulas não serem retomadas este ano lectivo não foi excluída. Para além disso, ambas as partes abordaram a decisão sobre os casos de indemnização rescisória, relativos ao regime de previdência do pessoal docente.

Os representantes das duas associações educativas presentes na reunião referiram que irão continuar a fazer o balanço das experiências adquiridas nos trabalhos de reinício das aulas presenciais, de forma a melhor se prepararem para o reinício das mesmas nos restantes níveis de ensino. Na reunião estiveram ainda presentes os subdirectores da DSEJ, Leong Vai Kei e Kong Chi Meng, a presidente da Associação de Educação de Macau, Chan Hong, bem como outros membros da mesma associação: presidente do conselho executivo, Cheang Hong Kuong, o presidente do conselho fiscal, Kou Kam Fai, o vice-presidente da associação, Lai Sai Kei e o vice-presidente do conselho executivo, Vong Kuoc Ieng. Da Associação das Escolas Católicas de Macau esteve presente o seu presidente, Chow Pak Fai, o presidente do conselho executivo, Vong Pio, o presidente do conselho fiscal, Pun Chi Meng, a responsável pelas finanças, Luk Kum Lee e o representante Chan Teng Fong.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar