Instituto Cultural realiza reunião anual sobre resposta a crises e desastres naturais

Instituto Cultural realiza reunião anual sobre resposta a crises e desastres naturais

Atendendo à aproximação da estação dos tufões e das chuvas, o Instituto Cultural (IC) começou a proceder à inspecção de vários espaços culturais sob a sua tutela e a realizar exercícios de simulação nos mesmos. Recentemente (26 de Maio), a presidente do IC, Mok Ian Ian e os vice-presidentes do IC, Leong Wai Man e Chan Kai Chon, realizaram uma reunião de trabalho do Instituto Cultural sobre a resposta a crises e desastres naturais de 2020 com as chefias dos vários departamentos do IC e os administradores dos espaços culturais sob a tutela do mesmo, a fim de discutir a situação concreta e o plano de resposta a emergências de cada instalação.

O IC lançou o mecanismo de prevenção e resposta a desastres naturais em Abril deste ano, o qual inclui o planeamento de inspecções e exercícios de simulação nas instalações dos departamentos sob a sua tutela, com vista a proceder ao trabalho de inspecção, manutenção e preparação antes da estação dos tufões, incluindo: inspecção de portas e janelas, inspecção de instalações ao ar livre, limpeza do sistema de drenagem, testagem dos equipamentos de bombeamento de água, reparação de infiltrações de água, inspecção dos sistemas eléctricos, poda de árvores, exercício de empilhamento de sacos de areia de retenção de água, instalação de portas à prova de água, melhoria dos armazéns e exercícios de resposta a emergências. O mecanismo abrange ainda trabalhos de inspecção de segurança, apoio e contacto relativos a edifícios históricos, antes e depois da ocorrência de desastres naturais, a fim de garantir a segurança e o funcionamento normal dos equipamentos físicos e não físicos e de consolidar os mecanismos gerais de ligação e coordenação, potenciando e optimizando assim a capacidade de resposta a emergências.

O IC lançou ainda um mecanismo de resposta a emergências para edifícios históricos abertos ao público, como templos e igrejas, o qual irá abranger a realização de inspecções de segurança e o estabelecimento de contactos com os administradores dos edifícios, para que os mesmos tomem medidas de segurança e de resposta a emergências. Em breve, proceder-se-á ainda à poda de árvores que estejam a precisar de manutenção junto aos templos e igrejas. Quando necessário, o IC providenciará igualmente bombas de drenagem e muretes de retenção de água para os templos e igrejas sitos em zonas baixas da cidade e prestará assistência na deslocação de objectos importantes para locais seguros, contribuindo assim para o trabalho de prevenção e resposta a desastres naturais em edifícios históricos.

O IC espera reforçar a capacidade de prevenção de desastres dos vários departamentos sob a sua tutela por meio de reuniões e exercícios regulares, optimizando continuamente as directrizes de trabalho aplicáveis ​​a instalações e espaços culturais em caso de passagem de tufões e de condições atmosféricas adversas, a fim de garantir a segurança dos residentes e dos bens públicos.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar