Candidaturas para os Prémios na área das indústrias culturais lançados pelo FIC

prémios de excelência de empresas p1

O Fundo das Indústrias Culturais (FIC) irá receber, no período de 8 de Setembro a 9 de Novembro, as candidaturas à 1.ª edição dos “Prémios na área das indústrias culturais, nomeadamente, os “Prémios de excelência de empresas na área das indústrias culturais” (adiante designados por “Prémios de excelência de empresas”), para a área de design criativo e os “Prémios de excelência de projectos na área das indústrias culturais” (adiante designados por “Prémios de excelência de projectos”), para a área de exposições e espectáculos culturais, sendo a avaliação e a selecção efectuadas pela Comissão de Avaliação das Candidaturas a Prémios. Aos premiados serão atribuídos o prémio pecuniário e o diploma de distinção, de modo a incentivar o desenvolvimento contínuo das indústrias, criando a marca de Macau.

Os “Prémios de excelência de empresas” para a área de design criativo, visam premiar as empresas nesta área que tenham melhor capacidade relativa às operações financeiras e industrialização. Enquanto os “Prémios de excelência de projectos” para a área de exposições e espectáculos culturais, visam premiar os projectos desta área com maior potencialidade de desenvolvimento no mercado, conseguindo promover a marca de Macau. As empresas candidatas dos “Prémios de excelência de empresas” devem pertencer à área de design criativo e ser constituídas antes ou até 31 de Dezembro de 2016, com a operação contínua durante 2017-2019. Os candidatos-alvos dos “Prémios de excelência de projectos” da área de exposições e espectáculos culturais incluem empresas, personalidades ou associações, cujos projectos candidatos devem ser os mesmos espectáculos, realizados pelo menos 5 vezes entre os anos de 2017 e 2019, com a venda de bilhetes ao público.

A avaliação dos prémios é feita pela Comissão de Avaliação das Candidaturas a Prémios que composta por especialistas locais e do exterior. Os critérios de avaliação para “Prémios de excelência de empresas” incluem o crescimento da empresa, a inovação e o impacto da empresa; enquanto para os “Prémios de excelência de projectos”, os critérios incluem a originalidade e conteúdo cultural, o benefício económico, os efeitos no impulso da indústria e benefícios sociais, bem como os efeitos na construção da imagem da marca.

O número máximo para os “Prémios de excelência de empresas” é de 10, dos quais, serão atribuídas respectivamente 1 medalha de ouro, prata e bronze do Prémio da Flor de Lótus, com os prémios pecuniários, por ordem, de MOP 500 mil, MOP 300 mil e MOP 200 mil, sendo o número dos prémios de distinção de 7 e o prémio pecuniário de MOP 100 mil será concedido a cada premiado. Para os “Prémios de excelência de projectos”, dividem-se em grupos de empresas, personalidades e associações, atribuindo respectivamente 1 medalha de ouro, prata e bronze do Prémio da Flor de Nenúfar a cada grupo, com os prémios pecuniários, por ordem, de MOP 500 mil, MOP 300 mil e MOP 200 mil; sendo o número dos prémios de distinção de 7 para cada grupo, com o prémio pecuniário de MOP 100 mil. O número máximo de prémios por cada grupo é de 10.

Os interessados podem descarregar o Boletim de Candidatura na página electrónica ( www.fic.gov.mo ). Para quaisquer dúvidas, queira contactar o FIC, através do n.º de telefone 2850 1000 ou por e-mail ( info@fic.gov.mo ).

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar