Dia Mundial da Prevenção do Suicídio alertar as consciências para que em conjunto se possa prevenir o suicídio


Com o intuito de chamar atenção para o suicídio, em 2003 a Organização Mundial da Saúde e a Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio determinaram o dia 10 de Setembro como o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio. O tema deste ano é “Trabalhe em conjunto para prevenir o suicídio”(Working Together to Prevent Suicide),um modo de despertar a consciência para a eficácia de trabalho de prevenção e controlo de suicídio onde é necessária e importante a participação de todos os sectores da sociedade. Todos os indivíduos podem ser o guarda-redes de prevenção do suicídio, estando atento a sinais e cooperar nos trabalhos de prevenção e controlo de suicídio.

Em resposta ao Dia Mundial da Prevenção do Suicídio 2020, os Serviços de Saúde irão, como no passado, continuar suportar àsassociações cívicas para a realização de uma série de actividades relativas ao Dia Mundial da Prevenção do Suicídio e apelar aos residentes para que no dia 10 de Setembro, cerca das 20:00 acendam uma vela relembrar os falecidos e apoiar o trabalho de prevenção e controlo de suicídio.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, todos os anos a nível mundial, oitocentas mil (800.000) pessoas cometem suicídio, o que equivale a um suicídio a cada 40 segundos. A taxa global de suicídio padronizada por idade para 2016 foi de 10,5 por cada 100 mil pessoas.

Segundo os dados estatísticos dos Serviços de Saúde, em 2019, registaram-se 66 casos de suicídio em Macau, dos quais 50 eram residentes de Macau (29 homens e 21 mulheres).

Nos últimos anos, a taxa de suicídio de residentes de Macau tem apresentado uma tendência de redução. Em 2019, a taxa de suicídio caiu para um novo mínimo, desde o início de lançamento de vigilância de suicídio, para uma taxa de suicídio 7.4 por cada cem mil habitantes.

Relativamente ao numero de suicídios registados no primeiro semestre de 2020, provavelmente, devido aos factores psicológicos e económicos causados pela Covid-19, registaram-se 36 casos entre Janeiro e Julho do ano corrente, uma subida de 6 casos em comparação com o período homólogo de 2019. Contudo, um só caso de suicídio já é demais e por isso é necessária a cooperação entre todos os sectores de sociedade, para todos proteger-mos a vida.

As causas do suicídio são complexas e frequentemente envolvem vários factores. O suicídio pode ser evitado. Para reduzir a ocorrência de suicídio, os cidadãos podem estar atentos às pessoas que lhes são próximas, ajudando mais, ouvindo mais, encorajando as pessoas com problemas emocionais a recorrerem à ajuda dos profissionais de saúde.

Os Centros de Saúde (Centro de Saúde do Tap Seac, do Fai Chi Kei, da Areia Preta, dos Jardins do Oceano e do Carmo-Lago) dispõem de consultas externas de saúde mental. Além disso, através de subsídios e suporte técnico, os Serviços de Saúde tem apoiado as associações sem fins lucrativos locais (União Geral das Associações dos Moradores de Macau e Associação Geral das Mulheres de Macau, entre outras) na criação de aconselhamento psicológico comunitário, proporcionando cuidados de aconselhamento psicológicos gratuitos.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar